Olhar Direto

Sábado, 20 de julho de 2024

Notícias | Cidades

susto

Suspeito de mandar matar ex-sócio é preso após carro cair em barranco durante perseguição

06 Nov 2015 - 17:32

Da Redação - Patrícia Neves/André Santana e Jardel P. Arruda

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Suspeito de mandar matar ex-sócio é preso após carro cair em barranco durante perseguição
O empresário Nilton Cesar da Silva foi preso pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) no final da tarde desta sexta-feira, 6 de novembro,  após uma perseguição que acabou com o carro do suspeito caindo em um barranco. Ele foi indiciado por mandar sequestrar e matar o concunhado e ex-sócio Douglas Wilson Ramos, 28, encontrado morto no dia 05 de outubro.


Leia mais:
Foragido, ex-sócio teria encomendado morte de empresário acusado de ‘roubar clientela’

Nilton passa por interrogatório durante o momento da publicação dessa matéria. Ele foi perseguido por policiais do GCCO, com quem trocou tiros até perder o controle e derrubar o carro em um barranco nas proximidades da ponte Maria Elisa Bocaíuva, mais conhecida como "ponte Nova", em Cuiabá.

Caso Douglas Wilson

Nilton foi indiciado por ter encomendado a morte do empresário, Douglas Wilson Ramos. Os dois teriam sido sócios em uma empresa de cimentos e o acusado achou que ele estaria roubando a sua clientela.
“Enquanto Nilton estava preso (por tráfico de drogas), o Douglas resolveu montar a própria empresa de cimentos. Com isso, o criminoso pensou que o empresário estaria ‘passando a perna’ nele”, disse o delegado Flávio Stringueta, na ocasião, à reportagem.

A vítima ficou desaparecido do dia 25 de setembro, quando foi raptado dentro da própria empresa, localizada na Avenida Arquimedes Pereira Lima, no dia 05 de outubro, quando o corpo foi localizado em avançado estado de decomposição, próximo a Fazenda Bom Futuro, na região do Distrito de Nossa Senhora da Guia, em Cuiabá.

O indiciado, Nilton césar, chegou a ser preso em 2014 pela morte de outra pessoa, Anderson Ribeiro Taques, 34 anos, no bairro Morada do Ouro II, em Cuiabá. A motivação do crime estaria relacionada ao tráfico de drogas. 

Atualizada às 18h30
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet