Olhar Direto

Sábado, 14 de dezembro de 2019

Notícias / Política MT

Vereador é acusado de usar nome de funcionário para fazer empréstimos

Especial para Olhar Direto - André Faust

04 Mar 2017 - 08:45

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Ricardo Nogueira: Vereador de Brasnorte pelo PSDB

Ricardo Nogueira: Vereador de Brasnorte pelo PSDB

Ricardo Nogueira, vereador de Brasnorte pelo PSDB, é acusado pelo advogado José Antonio Armoa de utilizar Arlei de Oliveira como “laranja” de sua empresa, Multimadeiras, para contrair dívidas e não pagá-las. De acordo com a acusação do advogado, Arlei teria se mudado em 2010 de Brasnorte para Cuiabá, a pedido de Ricardo, que seria um amigo de infância. Já na capital, Ricardo teria se aproveitado da confiança que Arlei depositava nele e o feito assinar documentos para integrá-lo na sociedade da empresa Multimadeiras, sem o seu consentimento.

Leia Mais:
Justiça Eleitoral absolve Jajah Neves e irmão por suposta fraude em derrame de santinhos

A partir daí, segundo José, diversos empréstimos teriam sido feitos utilizando o nome de Arlei ao longo dos anos, mesmo após a empresa ser vendida para Adriano souza Almeida, em 2013. Arlei só teria percebido o problema quando as dívidas começaram a não ser pagas e o seu nome foi incluído em cadastros de proteção ao crédito.

Em dezembro, o juiz André Maurício Lopes Prioli, da quarta Vara Cível de Várzea Grande, concedeu liminar favorável a Arlei de Oliveira, obrigando o Banco do Brasil a remove-lo de cadastros de proteção ao crédito, referente a uma dívida de R$80 mil feita com o banco. Apesar disso, o advogado alerta que o total de compras, consórcios e empréstimos irregulares “pode chegar a R$ 700 mil”.

Agora, o advogado de Arlei afirmou que considera uma representação criminal contra o vereador. Outro cliente seu, Alan Araújo Cabral, também teria sido vítima do mesmo golpe e aguarda decisão similar da justiça.

Outro lado:

Quanto contactado pela redação do Olhar Direto, o vereador afirmou que se trata de uma ação política e que “a justiça dirá  verdade”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet