Olhar Direto

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

violência

Família é torturada e amarrada nua por assaltantes; criminosos capotaram Corolla roubado durante fuga

Foto: Reprodução

Família é torturada e amarrada nua por assaltantes; criminosos capotaram Corolla roubado durante fuga
Cinco integrantes de uma quadrilha, incluindo uma menor de idade de 14 anos, foram presos na segunda-feira (6) em Cuiabá após um roubo a residência na cidade de Poconé (120 km da Capital). As vítimas, foram rendidas e sofreram violência, sendo agredidas com requintes de crueldade e amarradas nuas durante a ação. Na fuga, um dos criminosos ainda capotou o veículo Corolla roubado da casa na rodovia MT-060, que liga as duas cidades.

Leia mais:
Identificada garota de 21 anos, espancada, amarrada e morta em Cuiabá

Um segundo carro, modelo Sandero, também foi utilizado no crime, sendo descoberto posteriormente que este também havia sido roubado em outra ocasião. Os ladrões foram descobertos graças ao rastreador de um dos aparelhos celulares levados das vítimas, que apontou sua última localização. Chegando ao lugar indicado, a Polícia Militar (PM) se deparou com o veículo descrito e deu início a abordagem, entrando na residência onde eles se escondiam.

Uma das suspeitas, identificada como Rosângela da Silva, 34, recebeu os policiais e informou que o restante do bando estava escondido no banheiro de seu quarto. Diante da situação, todos foram presos e confessaram ter participado do assalto, tendo revelado ainda onde estariam as armas utilizadas no crime, assim como os itens levados na ação. Eles foram encaminhados à Central de Flagrantes onde foram reconhecidos por um dos proprietários.

O dono do Sandero também compareceu à delegacia e reconheceu Welder Batista, 23, como responsável pelo roubo de seu carro. Foi constatado ainda que os dois revólveres calibre 38 utilizados na ação foram roubadas de uma empresa de segurança. De acordo com o boletim de ocorrência nº201777321, um dos bandidos conseguiu escapar após o capotamento, tendo seguido para o bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

Os outros acusados são J.R.M., 14, Laura Neves de Souza, 32 e Mateus Victor dos Santos Silva, 18. Eles responderão agora por formação de quadrilha, roubo, receptação, localização de veículo, corrupção de menores, adulteração de sinal identificador automotor e porte ilegal de arma de fogo. A Polícia Civil deverá investigar o paradeiro do sexto envolvido na ação.

As equipes da PM apreenderam com o grupo diversos aparelhos celulares, jóias, ferramentas, televisões, cheques em branco, notebooks, vídeo-game e vários eletrodomésticos.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet