Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Blairo diz que delação de Silval é estratégia desesperada e “mentirosa” para deixar cadeia

Da Redação - Lucas Bólico

25 Ago 2017 - 09:31

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Blairo diz que delação de Silval é estratégia desesperada e “mentirosa” para deixar cadeia
O ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), voltou a negar com veemência as informações repassadas pelo ex-governador Silval Barbosa na delação premiada homologada no último dia 9, no Supremo Tribunal federal (STF).

Leia também:
"Fui visitar Silval como amigo", rebate Cidinho após acusação de promessa para anular Ararath
 
Para Maggi, Silval adotou a estratégia “desesperada” de mentir para conseguir se livrar da cadeia. Na noite de ontem, novo trecho da delação de Silval vazou em reportagem do Jornal da Globo acusando o ministro de ter tentado convencer Barbosa de não fechar delação, oferecendo em troca atuação política para barrar a operação Ararath.
 
“O ministro Blairo Maggi considera as declarações de Silval Barbosa mentirosas e levianas e que não encontram amparo nos fatos, revelando apenas o desespero e sua estratégia montada para livrar-se da cadeia”, afirma a nota enviada pelo progressista.
 
Barbosa sustenta que tem buscado acesso ao conteúdo da colaboração junto ao STF para apresentar sua defesa e apontar a verdade dos fatos. “Maggi mantém a consciência tranquila quanto aos seus atos na vida pública e na atividade empresarial”, finaliza o texto.
 
Interferência nas investigações
 
Silval narrou na delação que quando os rumores de que ele tentaria um acordo com o Ministério Público Federal começaram a se espalhar, ele teria recebido recado e visitas de autoridades. Munido de um gravador, o ex-governador teria gravado uma conversa com o senador Cidinho Santos (PR) na qual o congressista afirma que ele, Blairo Maggi e o governador Pedro Taques (PSDB) tentariam frear a operação Ararath.
 
Cidinho também já se manifestou sobre a delação de Silval e declarou que visitou o ex-governador “como amigo”. “Fui dar incentivo e apoio ao Silval, não falei nada de ilegal. Me disseram que ele estava em depressão, chorando muito e se sentindo abandonado por todos", sustentou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet