Olhar Direto

Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Max Russi e Wilson Santos vão deixar staff para apresentação de emendas parlamentares à LOA

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

21 Nov 2017 - 18:00

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Max Russi deixa a Casa Civil por alguns dias para apresentar suas emendas parlamentares à LOA 2018

Max Russi deixa a Casa Civil por alguns dias para apresentar suas emendas parlamentares à LOA 2018

Dentro de poucos dias, os secretários de Estado das Cidades, deputado Wilson Santos (PSDB), e da Casa Civil, deputado Max Russi (PSB), vão deixar os cargos no staff do governo Pedro Taques para retornar temporariamente à Assembleia Legislativa. Eles vão apresentar suas emendas parlamentares à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018, contemplando suas bases e, depois, retornam ao Poder Executivo, onde permanecem até o prazo final de desincompatibilização – abril de 2018. 
 
A informação foi confirmada pelo governador Pedro Taques (PSDB), nesta terça-feira (21), ao lado do ginásio Aecim Tocantins, durante o lançamento o caminhão do Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso. O programa é realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), em convênio com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Leia Mais:
 - Max Russi afirma que governo Taques abriu 40 UTIs em Rondonópolis e esforço é para atualizar repasses

 - Taques vai se reunir com Temer em busca de verba do FEX e Conab para evitar novo escalonamento de salário

“Wilson  e Max são deputados estaduais e têm compromisso com a LOA. Vão passar alguns dias para que contemplem suas bases [com emendas parlamentares] e, depois retornam”, observou ele, para a reportagem do Olhar Direto.  Nos dias de ausência, Wilson vai ser substituído pela secretária adjunta Juliana Fiusa Ferrari,  de Administração Sistêmica da Secid. Já Max Russi passaria para a secretária adjunta Flávia de Souza Almeida, de Administração Sistêmica da Casa Civil.
 
Quando Wilson e Max voltarem para o exercício do mandato no Edifício Dante Martins de Oliveira, mesmo que temporariamente, os deputados estaduais Jajah Neves (PSDB) e Professor Adriano Silva (PSB) voltam à primeira suplência.
 
O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), assegurou que a LOA será votada antes do dia 20 de dezembro. Pela Constituição e Regimento Interno, o Poder Legislativo não pode entrar recesso parlamentar sem que a LOA do ano seguinte tenha sido votada.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet