Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Marrafon prega união com PSDB, mas avisa que PPS está de portas abertas para receber Taques

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

21 Mar 2018 - 17:42

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Marrafon prega união com PSDB, mas avisa que PPS está de portas abertas para receber Taques
O secretário Estadual de Educação, Marco Marrafon, atual presidente do PPS em Mato Grosso declarou que as portas do partido estão abertas para receber o governador Pedro Taques (PSDB), caso seja o seu desejo mudar de sigla para disputar a reeleição no mês de outubro.

Leia também:
Jayme diz que projeto eleitoral do DEM é por Estado eficiente e distribuição de riqueza


De acordo com o secretário, o PPS segue muito bem alinhado com o PSDB e o plano é compor a chapa para as eleições, mas destacou que o Pedro Taques seria muito bem recebido em seu partido.

“Estamos muito unidos, fizemos uma reunião na semana passada muito proveitosa. Não vejo dificuldades dentro do PSDB, agora, havendo qualquer coisa diferente com o governador, que é uma pessoa muito importante, o PPS está de portas abertas para recebê-lo a qualquer momento. Isso não significa que iremos trabalhar buscando essa desunião. Queremos a união e entendo que isso está consolidado”, disse o secretário durante entrega de uniformes de escolas estaduais na tarde desta quarta-feira (21).

Cotado para se candidatar ao cargo de deputado federal, Marrafon confirmou que sai do governo na próxima semana e que iniciará os trabalhos de estrutura política do partido em todo o estado.

“O plano está sendo construído, a ideia é a organização do partido até começo de abril. Na seqüência iremos fazer todo o processo de construção política e de uma agenda para ouvir filiados de todo estado. Somente em julho terá as convenções para definir os candidatos”, desconversou ao ser questionado por jornalistas sobre sua pré-candidatura.

Marrafon assumiu a presidência do PPS no início de fevereiro, após uma conturbada saída do ex-prefeito de Rondonópolis Percival Muniz.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet