Olhar Direto

Domingo, 26 de janeiro de 2020

Notícias / Política MT

Mirando Senado, Fávaro busca diálogo com Pivetta para tentar superar "veto"

Da Reportagem Local - Érika Oliveira/Da Redação - Lucas Bólico

22 Mar 2018 - 17:43

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Mirando Senado, Fávaro busca diálogo com Pivetta para tentar superar
Com a entrega de cargos ao governo, o PSD inicia agora um trabalho de articulação para as eleições de outubro visando lançar Carlos Fávaro ao Senado. A meta é negociar com absolutamente todos os partidos, mas esbarra em veto público feito por Otaviano Pivetta ao vice-governador.

Leia também:
Insatisfeitos não podem acusar o partido de deixá-los presos, diz Fávaro sobre rompimento
 
Questionado sobre a restrição, Fávaro afirmou que vai tentar superar o problema com muita conversa. “Vou dialogar e vou ver porque não caberia [uma aliança entre Fávaro e Pivetta] e se caberia ou não”, afirmou o vice-governador, após reunião que selou o afastamento do PSD da gestão Taques.
 
Na semana passada, Otaviano Pivetta concedeu entrevista à Rádio Capital e foi categórico ao dizer que não aceita o vice em seu grupo político. O exprefeito tenta juntar forças para lançar um candidatura forte ao Governo do Estado, possivelmente encabeçada por Mauro Mendes, para enfrentar Taques nas urnas.
 
“No nosso time não tem lugar para o Carlos Fávaro, nós nem consideramos essa hipótese”, afirmou Pivetta, que em 2016 saiu derrotado de sua campanha à reeleição em Lucas do Rio Verde. O pleito foi acirrado e acabou vencido por Luiz Binotti (PSD), candidato apoiado pelo vice-governador.
 
Todas as fichas no Senado
 
Internamente, Fávaro até chegou a ser incentivado a tentar uma candidatura ao Governo do Estado, por lideranças do PSD, mas isso não está nos seus planos. “É um elogio dos companheiros, eu fico até lisonjeado, mas não é essa a principal função dessa reunião”, desconversou. A meta do vice é ocupar no Senado a “brecha” aberta que será para a representação do agronegócio com a desistência de Blairo Maggi (PP) em disputar a reeleição.
 
“Eu fico trabalhando com muito entusiasmado com a candidatura ao Senado, mas vou estar conversando com todas as lideranças, estou autorizado pelo partido para fazer isso, para discutir um bom encaminhamento para o Estado de Mato Grosso e o para o PSD também”, finalizou.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nei Alves Pereira
    23 Mar 2018 às 10:11

    Sempre falei que o Carlos seria prejudicado ao deixar de apoiar o ex Prefeito de Lucas do Rio verde...Todas as práticas já comentavam o futuro do vice governador do estado de MT. Infelizmente o Governador deixou eles no poço sem fundo, não acredito que o Carlos será bem sucedido nesta eleição. Otaviano é correto e o que ele diz, sempre cumpre !!! Mas talvez ainda ele abre essa exceção.

  • Rafael Soares
    22 Mar 2018 às 22:44

    Um vice governador que fala que não pertence ao governo e se fiz “oposição” do seu próprio governo, como acreditar ou confiar em um ser desses? Sugou a SEMA, atendeu aos seus interesses e agora diz que não é desse governo.

  • Kefren
    22 Mar 2018 às 20:10

    "O Pivetta PARECE QUE PRECISA deixar o orgulho de lado e compor com o PSD. Uma coligação composta pelo DEM, PSD, PP, PDT seria muito forte." E PARTIR PARA O ABRAÇO...

  • jose alves silva
    22 Mar 2018 às 19:42

    vai ser bonito vocês todos perder o governo e o senado

  • Paulo Barth
    22 Mar 2018 às 19:13

    briga de quem nunca pagou financiamento do Banco do Brasil na década de 90... como diz por ai: nego honesto não vai pra frente no BRASIL!

  • Russo
    22 Mar 2018 às 18:12

    zzzzZZZ, zzzzZZZ....

  • Keops
    22 Mar 2018 às 18:00

    O Pivetta tem que deixar o orgulho de lado e compor com o PSD. Uma coligação composta pelo DEM, PSD, PP, PDT seria muito forte.

  • Raphaela
    22 Mar 2018 às 17:58

    Tá igual cachorro perdido quando cai da mudança.

  • Alcantara
    22 Mar 2018 às 17:58

    Parabéns ao Carlos Fávaro, com certeza irá representar com excelência o Estado de Mato Grosso. O Sachetti está desmoralizado pois há dois dias atras passou a ser réu no STF, e aquele emenda para um grande Hospital de outro Estado não ficou bem, aqui em MT os Hospitais estão em estado calamitoso.

Sitevip Internet