Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de julho de 2021

Notícias | Política MT

pré-candidato

“Vamos ver quem tem o novo de verdade ou é só discurso”, desafia Hiram Melo sobre Senado

28 Mar 2018 - 09:21

Da Redação - Ronaldo Pacheco e Carlos Gustavo Dorileo

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

“Vamos ver quem tem o novo de verdade ou é só discurso”, desafia Hiram Melo sobre Senado
É pouco provável que o eleitor mediano preste atenção no currículo da maioria dos pré-candidatos ao governo de Mato Grosso, Senado da República, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa. Todavia, praticamente todos prestam atenção redobrada se o postulante é realmente novidade no pleito ou se é ‘figurinha carimbada’ de várias eleições se apresentando com nova roupagem.
  
E é na ansiedade da maioria do eleitorado que o bacharel em Direito Hiram Vinícius de Moraes Melo aposta as suas maiores fichas para lutar por sua pré-candidatura ao Senado. “Temos um grupo que se reúne com frequência, onde ninguém nunca foi candidato a nada. Mas vamos desafiar para ver quem tem o novo de verdade para mostrar ou é só discurso”, desafia Hiram Melo, sobre outros nomes que se apresentam como novidade.
 
Leia mais:
– Chico Galindo diz que PTB tem musculatura e nomes disponíveis para chapa majoritária

– “Que não tenha caixa dois e gente delatada em meu palanque”, diz juíza Selma Arruda sobre pré-candidatura
 
– Dal'Bosco fica no DEM, mas defende que o candidato seja Jayme e não Mauro Mendes
 
Em se apresentando como “o novo” é que Hiram Melo, 40 anos, pretende fazer com que o eleitor volte ao menos a discutir política. “Temos que vencer o desinteresse da população”, admitiu Hiram, para a reportagem do Olhar Direto.
  
De família originária de Diamantino, onde poucos tinham voz, ele revelou sua vontade de assegurar com que todos possam gritar as suas dores. “Desejo levantar a bandeira das pessoas que não têm o direito de falar”, afiançou Melo.
 
A filiação partidária ainda é um desafio, porque está há menos de um mês “na estrada” e se vê obrigado a demonstrar que o seu sonho de se tornar senador é viável. “Tenho a receita. Sei muito bem como fazer”, ponderou ele, em visita à redação do Olhar Direto, se referindo às redes socais, mas sem revelar o chamado ‘pulo do gato’.
 
Tendo poucos dias para decidir a sua filiação partidária, ele busca espaço onde possa ter garantia de que fará parte da chapa majoritária. Por isso, se distanciou do PSL do presidenciável Jair Bolsonaro, flertou com PSD, Patriota e PSDC, para deixar a definição pendente para os últimos dias.

Histórico de militância 

Embora seja pouco conhecido do ‘grande público’, Hiram Melo comandou o diretório do PFL Jovem de Mato Grosso em 2006. Além disso, foi membro da Executiva Nacional do partido por seis anos.

O pré-candidato é bastante popular em grupos de discussão política, nas redes sociais. Também é bastante procurado para orientação religiosa e estudo bíblico.

Drama familiar
 
Hiram Melo passou autênticos desafios de sua fé em Deus. Em poucos meses, perdeu pai, o advogado Sócrates Gil Melo, a última tia paterna e a irmã que se matou tragicamente. E, ainda por cima, a sua mãe sofreu derrame cerebral, mas se recuperou, há poucos meses.
 
“Não é por isso que sou pré-candidato. Mas realmente isso me fez forte”, resumiu Hiram.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet