Olhar Direto

Domingo, 26 de janeiro de 2020

Notícias / Política MT

Júlio Campos culpa Marrafon por ‘desastre econômico’ e diz que ele não merece ser deputado federal

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

28 Mar 2018 - 15:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Júlio Campos culpa Marrafon por ‘desastre econômico’ e diz que ele não merece ser deputado federal
O ex-governador Júlio Campos (DEM) criticou duramente o trabalho do secretário Estadual de Educação, Marco Aurélio Marrafon (PPS), e o classificou como o responsável pelo 'desastre econômico' que o governo Pedro Taques vive, pelo seu trabalho à frente da secretaria de Planejamento. O democrata ainda declarou que o povo mato-grossense não merece o titular da Seduc como deputado federal.

Leia também
Juíza Selma admite possibilidade de filiação ao partido de Jair Bolsonaro


“Que me desculpe o professor Marrafon. Ele é uma pessoa que surgiu agora nesses últimos três anos em Mato Grosso e foi o causador do desastre econômico que o atual governo, em termos de planejamento e financeiro está vivendo. Ele foi secretário de planejamento e responsável por errar no cálculo, dando aumento das transferências de recursos do governo para os outros poderes acima do que podia”, disse o ex-governador à imprensa.

Para Campos, Marrafon também foi irresponsável ao aceitar todas as leis e por não conseguir negociar com os sindicatos para que a folha salarial não ficasse com o valor tão elevada e se transformasse em um dos maiores problemas da gestão.

“Hoje a transferência para os outros poderes é de mais de R$ 200 milhões por mês. A folha de pagamento dos servidores foi para mais de R$ 500 milhões. Foi uma irresponsabilidade total aceitar todas aquelas leis. Se ele fosse um técnico competente no setor de planejamento falar ao governador que estava errado. Tinha que negociar com os sindicatos para evitar esta explosão que está ai. O estado está ingovernável. Hoje o rombo já está neste em R$ 3 bilhões”, disse Júlio.

Por fim, Campos citou os supostos desvios de finalidade de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e declarou que Marrafon não seria um bom deputado federal pelo seu desempenho à frente as duas pastas durane a gestão de Pedro Taques (PSDB).

“O rombo que ele aprontou na educação, no caso Fundeb é de R$ 300 milhões. Ele é tão irresponsável que até agora está quieto. A imagem dele não é boa, acredito que ele não mereça do povo mato-grossense ser deputado federal, por que o trabalho que ele fez na secretaria de Educação não teve benefício nenhum para o Estado”, concluiu.

O secretário Marrafon, presidente estadual do PPS, já anunciou estar de saída do governo nos próximos dias para trabalhar em sua pré-candidatura a deputado federal.

19 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Neusa Oliveira
    29 Mar 2018 às 15:09

    Por que vocês não publicam também as verdades que o nosso futuro deputado federal Marco Marrafon fala?

  • Cidadão Atento
    29 Mar 2018 às 14:08

    Prefiro um cara com pouca experiência e ético como o Marrafon, com uma enorme vontade de acertar (sei porque o conheço) a uma raposa da velha e rejeitada política. Quem viveu aqui em MT nos anos dos governos dos Campos e do Bezerra sabe muito bem do que estou dizendo desmandos e mais desmandos. Sempre trataram o estado com patrimonialismo (não vou dizer mais, se não serei censurado pelo moderador do OD). Aprendam com o UOL OD, que não censura nada (a responsabilidade é de quem comentou, afinal, há identificação de e-mail e ID).

  • paula goetz
    29 Mar 2018 às 09:06

    julinho bereré...raposa, esperto, maléfico para o mato grosso.

  • Sandra Silva
    29 Mar 2018 às 08:58

    Vc calado Julio é um poeta.

  • Lucas Pedro
    29 Mar 2018 às 07:33

    Não conheço esse tal de Garrafão, tampouco sei de que caminhão de mudança ele caiu, mas Júlio Campos é político experiente, sabe o que está falando.

  • Cidadão Atento
    29 Mar 2018 às 04:11

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Ze
    28 Mar 2018 às 21:03

    Concordo com o deputado Júlio Campos, esse cara não tem experiência nenhuma e muitos menos seus assessores.

  • alexandre
    28 Mar 2018 às 21:03

    Além do pessoal Secom, está comentando, mas o orçamento foi super estimado prós poderes, orçamento não é dinheiro, papel aceita tudo. Isso inviabiliza o governo, super duodécimos..

  • Rocha
    28 Mar 2018 às 20:05

    Sujo falando do mal lavado !!!

  • Raimundo
    28 Mar 2018 às 18:52

    De péssima gestão esse senhor entende, afundou MT por décadas!

Sitevip Internet