Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

DESCENDO DO SALTO

“Deputados da oposição estão absolutamente desequilibrados”, acusa Taques sobre denúncia de fraude

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

“Deputados da oposição estão absolutamente desequilibrados”, acusa Taques sobre denúncia de fraude
O governador José Pedro Taques  (PSDB) deixou de lado a diplomacia predominante nos últimos meses e soltou os cachorros sobre os oposicionistas, principalmente os deputados estaduais Zeca Viana (PDT) e Janaína Riva (PMDB), autores de denúncia de suposta fraude em licitação da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) para construção de pontes de concreto, em Mato Grosso.
 
O chefe do Poder Executivo utilizou artilharia pesada, inclusive adjetivando. “Os  deputados de oposição estão absolutamente desequilibrados. Não sei porque... parece que estão com medo de alguma coisa”, rebateu ele, cobrando que os repórteres citassem os nomes de Zeca e Janaína.

Leia mais:
- "Despreparo e descontrole", rebate Marcelo Duarte sobre acusação de fraude em licitação

- Deputados pedem que MP e TCE investiguem suposta fraude em licitação de R$ 200 milhões
 
O chefe do Poder Executivo lembrou que só recebeu pancada da duplas, mas admitiu que governo é sempre alvo. “Quem está no poder tem que ser criticado. Isso faz parte da democracia! Me atacam quase todos os dias. Isso não me abala absolutamente!”, reagiu ele, depois de entregar 740 equipamentos para agricultura familiar, em cerimônia na Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Ceasa), em Várzea Grande.
 
Pedro Taques ponderou que os cidadãos estão sem paciência com os embates políticos, o que gera crise. “Estamos vivendo um momento de crise. Não só em Mato Grosso, mas uma crise no Brasil. Crise de intolerância. Crise de impaciência. Crise moral. Crise ética”, recrutou ele.
 
O goverandor avisou que não entrega os pontos e crê estar em condições de liderar Mato Grosso para superar a crise. “Cabe a nós superar estas crises. Em MatoGrosso, esta crise se agrava, pela questão econômcia. Estamos discutindo a falta de dinheiro para repassar aos poderes. E discutindo a situação do Estado. O  Estado saiu das mãos de uma quadrilha... quadrilha que atuava em todos os lugares [secretarias de Estado e órgãos]. Roubavam o dinheiro do cidadão”, sintetizou Pedro Taques, novamente lembrando a gestão do ex-goverandor Silval Barbosa – iniciada em 2010 e encerrada em 2014.
 
“Tenho prcurado falar pouco e trabalhar mais, pois todas as cidades são  atendidos pelo governo. Qualquer município tem a presença do Estado”, resumiu Taques, para a reportagem do Olhar Direto.
 
Ataque da Sinfra
  
O secretário Marcelo Duarte Monteiro, da Sinfra, já tinha respondido à denúncia dos deputados Zeca Viana e Janaina Riva. Ele acusou-os de “profundo desconhecimento, despreparo e descontrole”  sobre o procedimento licitatório para contratação de empresa para elaboração dos projetos executivos de engenharia para fornecimento e instalações de   Kits de Transposição de obstáculos. “O RDCI [Regime Diferenciado de Contrato] Presencial 01/2017 está sendo realizado dentro da legalidade e com ampla publicidade, com divulgação de todos seus atos nos meios oficiais, e participação de todos os segmentos da sociedade”, detonou Marcelo Duarte, em nota à imprensa.
 
O titular da Sinra lembrou de audiência pública realizada em 6 de dezembro do ano pasasdo, no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT). Ele ponderou que o RDCP possui amparo legal. “A opção pelo Regime Diferenciado de Contratação Presencial, encontra expressa previsão na Lei Federal 12.462/2011 que estabelece o uso desse regime para obras e serviços de engenharia, relacionadas a melhorias na mobilidade urbana ou ampliação de infraestrutura logística”, complementou Marcelo Duarte.
 
“Mato Grosso é um Estado com desafios logísticos imensos, por isso, precisa de soluções inovadoras, modernas e eficientes na área de logística e transportes. Em cumprimento ao compromisso da transparência e integridade, e com objetivo de reforçar os mecanismos de controle, encaminharemos cópia integral do procedimento licitatório ao Ministério Público Estadual”, emendou Duarte Monteiro, na mesma nota.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet