Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

​governistas

Bancada fica no PSD e diz que rompimento do vice Carlos Fávaro é posição pessoal

05 Abr 2018 - 14:55

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco e Lucas Bólico

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Bancada fica no PSD e diz que rompimento do vice Carlos Fávaro é posição pessoal
A bancada estadual do PSD concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (5) para garantir que não haverá mudança de partido. No entanto, os deputados manterão a postura governista e fizeram questão de dizer que a ruptura do vice-governador Carlos Fávaro (PSD) com  o governo é fruto de uma decisão pessoal, e não de legenda.

Leia mais:
Taques diz que não foi pego de surpresa e que renúncia de Fávaro não atrapalha Estado
 
- Mato Grosso tem tradição de reeleger governadores que entram na disputa; até Silval venceu no primeiro turno

“Ele queria liberdade para trabalhar esse projeto. É um direto dele, como é um direto nosso permanecer no partido mantendo a posição que sempre mantivemos até hoje”, afirmou Nininho.
 
O parlamentar ainda afirmou que não acredita ser “impossível” uma composição de chapa que lance Pedro Taques (PSDB) à reeleição e garanta espaço para Fávaro ir ao Senado, mas lembrou que o acordado pelo grupo político era que PSD ocupasse o posto de vice.
 
“Essa candidatura [de Fávaro ao Senado] pode ser trabalhada no grupo do governador. Esse é o nosso desejo. Nós tínhamos até então a garantia da continuidade de um projeto e foi uma decisão do vice-governador abrir mão desse projeto e ai ele almejou o projeto ao Senado.  É um direito dele seguir esse projeto e no momento correto nós vamos sentar e discutir com toda a base do partido”, afirmou Gilmar Fabris.



Reação conjunta 
  
A bancada do PSD na Assembleia Legislativa decidiu permanecer no PSD a pedido do presidente Carlos Fávaro e do empresário Roberto Dorner, pré-candidato à Câmara dos Deputados. E, também, vão  continuar apoiando a gestão do governador José Pedro Taques (PSDB), o que contraria orientação do Diretório Regional, comandado pelo ex-vice-governador Carlos Fávaro.
 
Somente o deputado José Domingo Fraga Filho (PSD), irmão do ex-prefeito Neurilan Fraga, presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), não compareceu à entrevista coletiva, nesta quinta-feira (5), no gabinete do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gilmar Fabris. Mas José Domingos anunciou que permanece no PSD.
 
Também participaram da entrevista coletiva, além de Gilmar Fabris, os deputados estaduais Pedro Satélite, Nininho Ondanir Bortolini,  Wagner Ramos.


  

Gilmar Fabris disse que respeita a decisão de Fávaro em desligar-se da Vice-Governadoria de Mato Grosso para concorrer ao Senado da República. Todavia, não vê motivos para o PSD romper em definitivo com o governo do Estado diante da postura dos parlamentares em apoiar o governador Pedro Taques desde o primeiro ano de mandato. 
 
“Nós manteremos o apoio a governabilidade, mas não significa que iremos dizer amém a todas os projetos. Naquilo que for necessário, faremos as pontuações necessárias. Agora, não tenho dúvida que um rompimento agora não faria sentido algum”, justificou Fabris.
 
“Em todas as conversas que mantive com Fávaro enquanto vice-governador, foi solicitado lealdade e transparência na relação com o Executivo. É uma aliança perfeitamente viável pela boa relação do PSD com o PSDB consolidada nos últimos anos”, complementou Fabris.
 
 Pedro Satélite disse que pesou na decisão da bancada permanecer no PSD o grupo político já formado visando às eleições de outubro. “Estamos com bases eleitorais consolidadas e a mudança repentina de partido comprometeria o projeto eleitoral”, ponderou Satélite.
 
Wagner Ramos fica no PSD e já trabalha para ampliar o quadro de filiados do partido. “Estamos dialogando para acrescentar dois prefeitos ao PSD e ampliar a sua força política junto a militância”, complementou Wagner Ramos. 

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet