Olhar Direto

Sábado, 23 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

RELAÇÃO INSTITUCIONAL

"Eu tenho lado", garante Emanuel ao negar aproximação com Taques

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

“Amigos, amigos, negócios à parte”. Foi basicamente isso que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), respondeu com relação ao “clima de paz e amor” que tem sido observado entre ele e o governador Pedro Taques (PSDB). Na última segunda-feira (16), ao acompanhar o tucano durante a abertura da Caravana da Transformação, Emanuel garantiu que irá apoiar o senador Wellington Fagundes (PR) nas eleições deste ano, ao Governo do Estado, mas asseverou que não irá permitir “baixaria” contra o atual governador.

Leia mais:
Para Emanuel Pinheiro, Taques não está "morto" e será nome forte na disputa pela reeleição

“É uma campanha, é um processo político natural, só não pode ter baixarias, agressões, nem xingamentos. Eu acho que temos que discutir propostas para todo o Estado. Internamente eu vou me posicionar que a nossa coligação se paute em propostas, eu não vou apoiar nenhum tipo de manifestação, de estratégia política para agredir ou para baixar o nível em cima do governador Pedro Taques, ou de qualquer outro adversário”, declarou Emanuel Pinheiro, que em 2016 protagonizou uma das campanhas mais polêmicas e com trocas de acusações que Cuiabá já vivenciou, justamente contra o grupo de Taques, encabeçado por Wilson Santos (PSDB).

“Eu tenho um lado, o senador Wellington está construindo uma candidatura com o meu apoio. O que eu estou dizendo é o seguinte: construa a candidatura para uma campanha eleitoral, não para uma guerra”, completou, nesta segunda-feira.

No final do ano passado, conforme divulgou o Olhar Direto, Taques e Emanuel recorreram à tese de que “devem prevalecer as relações institucionais” para fazer juras de respeito mútuo, nas eleições deste ano, independente do palanque de cada um.  Nesta segunda-feira, o prefeito de Cuiabá reforçou o compromisso.

“A gente tem uma relação muito boa, muito próxima, eu nunca fui inimigo de Pedro Taques. Eu sempre fui adversário político, em alto nível, do governador. Mas sempre tive uma ótima relação com o Pedro e essa relação de mantém agora. Eu não posso deixar que questões políticas atrapalhem uma relação institucional, republicana e para o bem da população”, disse.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet