Olhar Direto

Domingo, 26 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

se eleito...

Fagundes quer levantar custos da Caravana da Transformação e cogita manter programa

23 Abr 2018 - 14:47

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Fagundes quer levantar custos da Caravana da Transformação e cogita manter programa
Pré-candidato ao Governo do Estado, o senador Wellington Fagundes (PR) declarou à imprensa que irá avaliar a possibilidade de dar continuidade ao projeto Caravana da Transformação, implantado pelo governo Taques desde 2016, caso vença as eleições de outubro. Segundo o parlamentar, o custo-benefício do evento ainda deve ser analisado.

Leia também
Indicado do MDB, ex-secretário de Silval substitui advogado de campanha na Procuradoria


O governador Pedro Taques (PSDB) desde seu segundo ano de mandato vem realizando a Caravana da Transformação, que já passou por várias regiões do estado e neste mês de abril está em sua 13ª edição, em Cuiabá.

“Toda iniciativa, se o resultado for bom, tem que ser aplaudida. O resultado da caravana nós vamos ter que fazer um balanço até as eleições, de quanto gastou, de que forma está sendo gasto, o custo-benefício disso. Se o custo-benefício ficar comprovado que é valido, ótimo. E se eu como governador considerar algo positivo tem que dar prosseguimento”, disse o senador.

O parlamentar ainda disse entender que a caravana não pode ser tida como um programa de saúde, mesmo tendo em seus serviços cirurgias de catarata destinadas à população.

A Caravana da Transformação, principal evento da gestão, vem sendo muito criticada pela oposição. Em resposta, o governador já declarou que a justiça eleitoral entende que o programa não tem cunho eleitoreiro e que aproximadamente 50 mil cirurgias de catarata já foram realizadas de forma gratuita.

O governador também informou que o custo médio da Caravana é de R$ 3 milhões, além dos pagamentos pelas cirurgias. Segundo seu levantamento, se os procedimentos fossem pagos em convênios particulares teriam custo de R$ 550 milhões.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet