Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

​cooptação

Ezequiel acusa Taques de tentar rachar Progressistas e diz que oposição é irreversível

21 Mai 2018 - 10:32

Da Reportagem Local - Carlos Gustavo Dorileo

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

Ezequiel acusa Taques de tentar rachar Progressistas e diz que oposição é irreversível
O presidente estadual do Progressistas, deputado estadual Ezequiel Fonseca,convocou entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (21) para encerrar, segundo ele, de uma vez por todas, as especulações sobre possível composição do partido com o governo Pedro Taques (PSDB). Ezequiel revelou que a legenda fez uma “pré-convenção” e descartou de vez  apoio à reeleição de Taques. Além disso, afirmou que o chefe do Executivo tem agido para rachar a agremiação e tentar cooptar lideranças.

Leia também:
“Estou fora das articulações”, diz Maggi sobre "racha" no PP com posse de Diego Guimarães no Intermat
 
“O que eu queria deixar bem claro é que nunca passou pela cabeça dos Progressistas estar junto com o governo Pedro Taques. Até porque nós fizemos parte lá atrás do apoio, fizemos parte da coligação e que logo em seguida nós nunca fomos ouvidos pelo governo, nós nunca participamos do governo. Então virou um disse me disse”, afirmou.  O partido colocou na última semana em votação a possibilidade de compor com Pedro Taques e teve 44 votos contra a aliança e quatro abstenções, com nenhum filiado defendendo uma atuação pró-Taques.
 
Rumores sobre uma possível reaproximação do antigo PP com o Paiaguás começaram a ganhar forma com a nomeação de Demílson Nogueira, presidente municipal do partido, no Intermat. Ezequiel fez questão de deixar claro que essa é uma postura estritamente pessoal do correligionário e que o grupo não foi consultado sobre a posse. Essa nomeação, aliás, foi o que provocou a agremiação a fazer essa “pré-convenção”. Além de se afastar em definitivo do governo, o partido deliberou que a partir de agora, para assumir algum cargo na gestão Taques, qualquer filiado terá de deixar o Progressistas.
 
“Tem mais de ano que eu venho pontuando como oposição do governo, é uma questão muito pessoal do Demílson em aceitar [o Intermat] e é lógico que o Governo do Estado quer provocar as confusões. Ele está certo, o papel dele é esse. Ele está vendo que o PP não vai, está vendo a nossa queda de braço, então ele tem que entrar, ele tem que achar alguma coisa e ele é bom nisso, ele faz essa oferta, ele faz essas propostas pra mexer com o partido e o partido foi e demonstrou, faça ele o que ele quiser, ele pode até convencer nas questões pessoais de um e de outro, mas a grande maioria, ou a totalidade do partido, não vai apoiar o Pedro.Ele pode até tentar cooptar como está fazendo, mas não vai”, finalizou.
 
Ezequiel afirma que o caminho do Progressistas é o de marchar junto com o projeto eleitoral de Wellington Fagundes (PR) ao Paiaguás. “Nós temos um trabalho que nós viemos fazendo junto com o senador Wellington Fagundes também, nós começamos lá atrás, junto com o PR, junto com o PMDB, junto com o PP. A gente vem conversando. Hoje nós estamos com seis partidos. Está o PR, o PMDB, o PP, o PTB, o PC do B, que inclusive fizeram uma reunião como a nossa para definir se ia ficar, pra que lado que ia, e ficou definido que vai com o senador Wellington, e o PSD que também nós já acolhemos lá o Carlos Favaro, que era vice-governador e que vem pra cá para disputar também uma vaga de Senado”.

PP e o Intermat
 
Pedro Taques ofereceu o comando do Intermat ao vereador por Cuiabá Diego Guimarães (PP) e chegou a empossá-lo em abril deste ano, mas o parlamentar recuou pouco antes de a nomeações de publicada por receio de perder o mandato na Câmara Municipal de Cuiabá. Na ocasião, Ezequiel Fonseca já havia se manifestado contra a possibilidade do filiado ao PP participar da gestão Taques.
 
Foi a partir da desistência de Guimarães que Taques chamou mais um progressista para ocupar o cargo e, desde vez, Demílson Nogueira aceitou, sem consultar a legenda.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet