Olhar Direto

Quinta-feira, 04 de junho de 2020

Notícias / Cidades

Prontuários sobre esteticista morta após plástica são entregues ao CRM; médico já foi notificado

Da Redação - Vinicius Mendes

12 Jun 2018 - 11:03

Foto: Rogério Florentino / OD / Reprodução

Prontuários sobre esteticista morta após plástica são entregues ao CRM; médico já foi notificado
A empresa Plástica para Todos afirmou que o médico Eduarto Montoro tomou conhecimento no último dia 8 de junho sobre a sindicância aberta no Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), que investiga a morte da esteticista Edléia Daniele Ferreira Lira após ser operada por ele no mês passado.

A empresa também disse que foi notificada pelo CRM apenas nesta segunda-feira (11). A advogada de Simone Bueno, esposa de Daniele, disse que entregou os prontuários e outros documentos ao Conselho somente na semana passada e que ainda nesta semana deve entregá-los à Polícia Civil.
 
Leia mais:
Delegada aguarda documentos sobre esteticista morta após cirurgia plástica e laudos de perícia
 
Por meio de nota, a empresa Plástica para Todos se defendeu dizendo que todos os seus pacientes são previamente submetidos a exames e que possuem liberdade de escolher os médicos com quem farão o procedimento, desde que este faça parte do programa. Eles afirmaram que os médicos ficam por vários dias em Cuiabá acompanhando seus pacientes.

A empresa também divulgou o nome do médico responsável pelo procedimento, o cirurgião Eduardo Montoro. A Plástica para Todos disse que Montoro tomou conhecimento da sindicância instaurada pelo CRM-MT apenas no último dia 8 e já está sob os cuidados de um advogado.

Ao final da nota, a empresa afirma que não recebeu o laudo do IML e que foi notificada pelo CRM-MT somente nesta segunda-feira (11), para apresentação de documentos e outras providências.

A advogada de Simone Bueno, Janete Dias Pizarro, entregou os prontuários e outros documentos ao CRM-MT apenas na semana passada. A delegada Alana Cardoso, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) também aguarda a entrega destes documentos e a advogada afirmou que eles devem ser encaminhados a ela ainda esta semana.

“São os mesmos documentos que eu entreguei no CRM, os prontuários, os exames que ela tinha feito anteriormente, o alvará do hospital de 2017, propagandas do site do Programa Plástica para Todos (que mostra os valores, forma de pagamento), comprovantes de pagamento dela e alguns depoimentos de pessoas que estiveram com ela lá no Hospital Militar”.

Nestes depoimentos a advogada disse que ouviu sobre as condições das instalações onde Daniele ficou após passar pela cirurgia.

“Parece que o quarto dela lá tinha porta aberta, sem muitos cuidados. Era uma porta aberta, qualquer um entrava, então várias pessoas entraram e viram como ela estava, e destas pessoas eu colhi depoimento”.

Pizarro também colheu o depoimento de Simone, que estava com a esposa no momento em que ela começou a passar mal. Ela disse que o depoimento teve que ser minucioso e Simone ficou abalada.

“Fiquei com pena dela porque na semana passada eu passei dois dias pedindo para ela relatar passo a passo o que ela viveu, então ela reviveu tudo. Ela ficou bem entristecida porque falou sobre o assunto de um jeito muito minucioso, viu o depoimento das pessoas também”.

Com a entrega dos documentos a defesa espera um avanço nas investigações. Porém, a advogada afirmou que apenas após a conclusão do laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) é que devem decidir quais medidas tomar. Mas segundo o órgão, ainda não há previsão para a finalização do laudo.

“A família quer só que, efetivamente, o que aconteceu venha à tona para a gente ter conhecimento e aí tomar as medidas. Com o laudo a gente vai ter absoluta certeza de que medidas tomar junto ao CRM, a processo judicial, o que couber, mas por enquanto a gente precisa aguardar. Mas pode ter certeza de que a gente vai tomar medida sim”.

Leia na íntegra a nota da Plástica para Todos:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Empresa Plástica Pra Todos, mais uma vez frente à necessidade de resgatar a verdade dos fatos, diante de notas publicadas na imprensa com declarações equivocadas, vem a público reiterar que todos os pacientes que escolhem o seu programa para realização de procedimentos cirúrgicos são previamente submetidos a consultas com os médicos de sua exclusiva escolha, dentre os que estão cadastrados no programa.

Todos os pacientes no momento em que assinam o contrato com a empresa recebem todas as orientações e a prescrição de exames prévios  por parte de seu médico, profissional responsável, que é especialista devidamente registrado nos órgãos da classe. Após tais procedimentos, o médico avalia o laudo dos exames, mantendo ou não a indicação cirúrgica, tudo conforme preconiza o Código de Ética Médica e a legislação vigente.

Logo, qualquer informação diferente é mera especulação com o intuito de desmerecer o serviço dos profissionais e da empresa perante a população.

Em relação à Sindicância instaurada face ao médico Eduardo Montoro, ele informou que tomou conhecimento do fato na última sexta-feira (8.6) e que também está sob os cuidados do advogado, Dr. Alex Sandro Rodrigues Cardoso, especialista em direito médico, que será responsável por sua defesa. O jurista informou que no prazo consignado serão realizados os devidos esclarecimentos ao Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM/MT) e destacou que não se trata de Processo Ético Disciplinar.

O advogado também esclarece que a delegacia encarregada pelo caso ainda não recebeu o laudo do IML e que a empresa Plástica Pra Todos, somente fora notificada nesta segunda-feira (11.6) para apresentação de documentos e outras providências junto ao CRM/MT. Quanto a isso, analisará em conjunto com a diretoria técnica e administrativa da empresa a relação de documentos e outras providências solicitadas pelo órgão.

Por fim a empresa destaca que os médicos provenientes de outros Estados permanecem na cidade de Cuiabá durante vários dias da semana e finais de semana, e que não é verdade a informação de que não acompanham seus pacientes antes e após as cirurgias.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet