Olhar Direto

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias | Cidades

prevenção

Segurança promete blitz da Lei Seca em locais com maior concentração de torcedores

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Segurança promete  blitz da Lei Seca em locais com maior concentração de torcedores
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) vai reforçar operações Lei Seca na capital, durante os jogos do Brasil no campeonato mundial de futebol, que será realizado de 14 de junho a 15 de julho, na Rússia. O Coordenador da Escola Pública de Trânsito do Departamento de Trânsito (Detran-MT), Gustavo Acindo, afirmou que os locais com maior concentração de torcedores serão os alvos.



Leia mais: 
Operação Lei Seca será intensificada durante jogos do Brasil na Copa do Mundo
 
“As operações da Lei Seca irão acontecer do decorrer da Copa, especificamente nos jogos do Brasil. Onde houver aglomeração de pessoas assistindo jogo será feita essa operação conjunta entre a Polícia Militar, Judiciaria Civil, Semob, todos os órgãos envolvidos na Segurança Pública para evitar o condutor alcoolizado”, citou ao Olhar Diretodurante coletiva de imprensa na tarde da última terça-feira (13). 
 
Em todo o Estado foram mapeados 40 pontos, públicos e particulares, de espaços para a transmissão dos jogos. Somente na Polícia Militar, mais de 120 policiais serão empregados por jogo. Já na Polícia Judiciária Civil, serão 34 policiais, entre investigador, escrivão e delegado e 40 Bombeiros Militares.
 
Ainda durante a Copa do Mundo, o Corpo de Bombeiros Militar fará vistorias nos locais abertos ao público para constatar a aptidão do espaço quanto à segurança. “Temos um planejamento de fiscalização nos locais de concentração de público. Vamos averiguar as condições destes espaços nos termos a legislação contra incêndio e pânico”, disse o diretor adjunto do CBM, tenente-coronel BM Willkerson Cavalvante.
 
De janeiro a maio de 2018 foram realizadas 28 operações Lei Seca em Cuiabá e Várzea Grande. Do total desta ação foram 361 autuações pelo artigo 165, do Código de Trânsito Brasileiro, que trata sobre dirigir sobre a influência de álcool. Outras 135 autuações foram pelo artigo 165 – A, que é quando o motorista se nega a fazer exames que comprovam a embriagues e 128 foram presos em flagrante por conduzir veículo sob influência de álcool.
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet