Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

BUSCA DE ALIADOS

Mendes nega “pressa” e diz que construção de chapa terá Sachetti e Pivetta; decisão em julho

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Mendes nega “pressa” e diz que construção de chapa terá Sachetti e Pivetta; decisão em julho
Enquanto agosto não chega, o ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) trabalha na busca de aliados para a construção de sua chapa para a disputa do governo de Mato Grosso e Senado da República. Ele adiou para “provavelmente fins de julho” a definição de sua candidatura ao Palácio Paiaguás, sob o argumento de que não tem pressa nem vai tomar decisão “no afogadilho”, pois há tempo hábil antes das convenções – que ocorrem até a primeira semana de agosto.
 
A reunião marcada para esta semana, na sede do DEM, é para discutir estratégias eleitorais, política de alianças e encaminhamento das chapas proporcionais. “O momento é de conversar e temos feito isso exaustivamente. É prática do Democratas discutir política e não se define pela simples vontade individual”, pontuou ele.
 
Leia mais:
'Não está no momento de plantar soja e algumas pessoas ficam plantando fofoca', diz Mendes sobre relação com irmãos Campos
 
Mendes confirmou que as conversações têm a avançado substancialmente com o deputado federal Adilton Sachetti (PRB) e o ex-prefeito Otaviano Pivetta (PDT), de Lucas do Rio Verde. Ele evitou formalizar, porém, quais cargos cada um vai ocupar na chapa majoritária, para não correr o risco de perda de futuros aliados.
 
A tendência é de que Pivetta seja candidato a vice-governador, repetindo a chapa de 2010, quando Mauro disputou o governo de Mato Grosso. Adilton Sachetti faria a dobradinha com o ex-senador Jayme Campos (DEM) para o Senado da República.
 
O ex-prefeito de Cuiabá observou que o ex-senadores Jayme Veríssimo e Júlio José de Campos têm contribuído para a construção do palanque, com direção do presidente da Executiva do Democratas, deputado federal Fábio Garcia. “Eles buscam o maior volume possível de aliados, para a composição de amplo arco de alianças”, ponderou Mendes.
 
A reunião do DEM será fechada. Ela estava prevista para a noite desta segunda-feira (25), mas teve de ser remarcada. Fábio Garcia e demais dirigentes debatem também a montagem das chapas para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Atualmente, o DEM possui somente o deputado federal Fábio Garcia e três deputados estaduais: Eduardo Botelho, presidente da Assembleia; Dilmar Dal’Bosco e Mauro Savi. O Professor Adriano Silva é suplente no exercício do mandato de deputado estadual.

A última vez em que o DEM elegeu mais de dois deputados estaduais ainda se chamava Partido da Frente Liberal (PFL), há duas décadas.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet