Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

Resposta a Taques

'Mauro começou obra como prefeito e irá terminar como governador', diz Garcia sobre novo pronto-socorro

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

'Mauro começou obra como prefeito e irá terminar como governador', diz Garcia sobre novo pronto-socorro
O presidente do Partido Democratas em Mato Grosso, deputado federal Fábio Garcia,  declarou que o empresário Mauro Mendes iniciou a obra do novo Hospital e Pronto-Socorro como prefeito de Cuiabá e que irá terminá-la, além de inaugurá-la no ano que vem, como novo governador do Estado, após vencer o pleito de outubro de 2018. O parlamentar também afirmou que o atual governador José Pedro Taques (PSDB) não tem humildade e que conta mentiras em relação à obra da nova unidade médica.

Leia também
Jayme Campos confirma intenção de disputar o Senado e reafirma diálogo 


Em entrevista a rádio Capital FM na manhã desta terça-feira (3), Garcia rebateu o discurso corrente de Pedro Taques, nas últimas semanas, de que a obra do novo Hospitasl e Pronto-Socorro Municipal foi viabilizada em sua gestão. Ele observou que  o atual chefe do Poder Executivo de Mato Grosso não tem humildade e que ele está mentindo para a população de Cuiabá e do Estado.

“Essa fala do governador mostra duas coisas. Primeiro é uma falta de compromisso com a verdade e a realidade dos fatos. Segundo, uma ausência completa de humildade. A população mato-grossense, população cuiabana tem que conhecer os fatos reais", rebateu o presidente do DEM.

"Quem é que fez o projeto? Quem é que contratou o projeto desta obra? Eu respnodo: quem contratou o projeto desta obra foi o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes ,durante sua gestão. Quem é que viabilizou o terreno? Quem viabilizou o terreno foi o ex-prefeito de Cuiabá, durante sua gestão. Quem é que fez a licitação para inicio das obras? Foi o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, durante sua gestão”, cutucou  o deputado federal do DEM, em contraponto ao governador.

O parlamentar do Democratas ainda aproveitou para criticar o trabalho do atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) em relação à forma como vem lidando com a obra do Pronto-Socorro, que deveria ter sido inaugurada no último aniversário de Cuiabá e que está com a previsão de entrega para abril de 2019.

“Na verdade, o prefeito  Emanuel Pinheiro não está fazendo seu trabalho, não fez seu dever de casa, não apresentou plano de trabalho, não apresentou, segundo o Governo, como é que vai tocar esse Pronto Socorro", cobrou o presidente do DEM.

"O senhor prefeito não apresentou ainda a fatura para o Governo dos equipamentos que tem que pagar. Não cobrou o governador sobre os equipamentos. Então, o governador está dizendo: olha, quando quiser pagar, eu vou pagar.  Mas o prefeito não faz a licitação. O prefeito não colocou licitação na praça ainda”, avaliou Garcia, entendendo que a licitação seria uma forma de pressão sobre o Palácio Paiaguás.

Por fim, Garcia disse que o ex-prefeito Mauro Mendes iniciou em sua gestão o projeto do novo Hospital e Pronto-Socorro e será o governador que irá inaugurá-lo, no aniversário de 300 anos de Cuiabá, três meses após tomar posse como chefe do Poder Executivo de Mato Grosso.

“O fim da história será o seguinte. O Mauro começou nesta obra como prefeito de Cuiabá e irá terminar esta obra como futuro governador do Estado de Mato Grosso”, complementou Garcia. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet