Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

Rebateu

'Ninguém bate em cachorro morto', diz Taques sobre representações de adversários no TRE

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

'Ninguém bate em cachorro morto', diz Taques sobre representações de adversários no TRE
O governador Pedro Taques (PSDB) vê como normais as representações protocoladas pelos seus adversários políticos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), porém o chefe do Executivo crê que a grande quantidade de ações mostra a preocupação de seus opositores.

Leia também
Pagot pede 15 dias para definir se aceita coordenar campanha de Taques


“Vejo que é totalmente normal isso, mas o volume de representações mostram que eles estão preocupados com alguma coisa, por que ninguém bate em cachorro que está morto”, disse o governador à imprensa após assinar acordo de parceria com o governo chinês nesta segunda-feira (16).

O tucano ainda disse não ter cometido nenhum ato ilícito nas duas reuniões que teve com funcionários comissionados na semana passada.

“Eu seria o último a cometer qualquer ilegalidade. Eu estou fazendo reuniões e prestações de contas, e isso a legislação ainda não proíbe”, afirmou.

No último sábado (14), o juiz Ulisses Rabaneda, do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) determinou que Pedro Taques explicasse a origem do dinheiro usado para promover as reuniões com os servidores, atendendo uma ação do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

O próprio PDT, liderado pelo deputado estadual Zeca Viana e pelo empresário Otaviano Pivetta, também já pediu a suspensão da Caravana da Transformação e acionou Taques por causa da prorrogação do Refis.

O PDT, que está no grupo político que irá lançar o ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) ao Governo do Estado, deve indicar Pivetta como vice na mesma chapa.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet