Olhar Direto

Sábado, 23 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

São bem vindos

‘Acredito que os dois virão para nosso grupo’, diz Rui Prado sobre Selma e Sachetti

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

‘Acredito que os dois virão para nosso grupo’, diz Rui Prado sobre Selma e Sachetti
Pré-candidato à deputado federal pelo PSDB, o produtor rural e ex-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Prado acredita que o seu amigo Adilton Sachetti (PRB) e a juíza aposentada Selma Arruda (PSL) vão se aliar ao grupo que apóia a candidatura de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB). Para o tucano, o martelo deve ser batido nos próximos dias.

Leia mais
'Qualquer cidadão que for candidato gostaria de ter pessoas de bem, como a Selma', elogia Taques


De acordo com Prado, os nomes tanto da juíza Selma, quanto do deputado federal Adilton Sachetti foram muito bem aceitos no grupo e que não houve nenhuma restrição para fechar a aliança.

“Estamos na expectativa destes dois partidos virem conosco nesta disputa. Não tenho restrição nenhuma. O Adilton é meu amigo, gosto muito dele. Temos duas vagas, ele pode vir como pré-candidato ao Senado junto com o Nilson, como pode vir como vice no projeto de reeleição do Pedro Taques. Ele tem o convite para estas duas vagas e acredito que em qualquer uma destas vagas com nosso grupo, vai contribuir muito para Mato Grosso”, disse o pré-candidato ao Olhar direto.

“A Selma, que também tem colocado seu nome para o Senado é uma pessoa de conduta ilibada. Ela tem espaço, não temos restrição nenhuma e será muito bem vinda. Conversei ontem com os dois, pedi para eles virem para nosso grupo e disse que ambos somam a pré-candidatura à federal. Acredito que os dois vão estar com a gente”, afirmou.

O deputado federal Adilton Sachetti, que a princípio lançou o seu nome como pré-candidato ao Senado, confirmou ter recebido o convite de Pedro Taques para compor sua chapa. Ao Olhar Direto, ele contou que marcou uma reunião com o governador no próximo sábado (21) para conversarem e definirem este assunto.

Já o presidente regional do PSL, deputado federal Victório Galli, disse que as negociações com o grupo do governador estão adiantadas e que o PSDB atende a todas as exigências feitas por seu partido, porém destacou que a decisão final será da Executiva Nacional da sigla.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet