Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

Negou negociatas

Mauro garante recursos para chapas proporcionais do MDB e diz que Bezerra o surpreendeu

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Mauro garante recursos para chapas proporcionais do MDB e diz que Bezerra o surpreendeu
O ex-prefeito de Cuiabá e pré-candidato ao Governo de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), reafirmou que não fez negociatas com o MDB em troca de apoio nas eleições deste ano. A aliança causou polêmica na semana passada depois que reportagens deram conta de que o democrata teria oferecido secretarias, vagas no Tribunal de Contas e indicação ao Tribunal de Justiça ao presidente do partido, deputado federal Carlos Bezerra. Conforme Mauro, Bezerra aderiu ao seu projeto em troca de apoio financeiro para as candidaturas proporcionais do MDB e por entender que esta seria a melhor opção para “mudar o rumo” do Estado, o que teria lhe causado surpresa.

Leia mais:
Mauro diz que administrou Cuiabá com apoio do MDB e lembra que não teve secretários presos

“Nós fizemos alguns pactos para ajudar os candidatos que estarão ao nosso lado. Aquilo que nós arrecadarmos na forma da lei será utilizado para custear as despesas de campanha e será utilizado também para ajudar os deputados estaduais e federais de todos os partidos, não só do MDB”, justificou Mauro Mendes, na última terça-feira (24), durante o ato de lançamento da sua pré-candidatura.

O ex-prefeito de Cuiabá acrescentou que ficou “surpreso” com predisposição de Bezerra, que segundo ele teria aberto mão de exigências em prol do Estado. “Dialogamos muito também sobre o momento atual de Mato Grosso, sobre os desafios que nós temos e sobre uma união daqueles que compreendem isso, para que nós possamos mudar o rumo do nosso Estado. Eu me surpreendi, inclusive, muito positivamente com a vontade, principalmente do deputado Carlos Bezerra, nesse sentido”.

O apoio do MDB à candidatura de Mauro Mendes, conforme adiantou o Olhar Direto, foi firmado no início da semana passada, durante reunião entre lideranças do grupo democrata e o presidente do partido em Mato Grosso, Carlos Bezerra.

Após o anúncio da aliança entre o MDB e o DEM, passaram a circular nos bastidores rumores de que Mauro teria oferecido secretarias, vagas no Tribunal de Contas e indicação ao Tribunal de Justiça em troca do apoio do MDB nestas eleições. A informação foi veiculada pelo jornal ‘A Gazeta’.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet