Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

Reconhece competência

Mauro Mendes diz que vai manter parte do secretariado de Taques caso seja eleito

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Mauro Mendes diz que vai manter parte do secretariado de Taques caso seja eleito
O ex-prefeito de Cuiabá e pré-candidato ao Governo de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) afirmou que considera manter parte do staff do atual governador, Pedro Taques (PSDB), caso seja eleito. Mendes, na verdade, se referia aos seus ex-secretários que fazem parte da gestão tucana, a exemplo do titular da Fazenda, Rogério Gallo, com quem o democrata ainda mantém um bom relacionamento.

Leia mais:
Thiago França destaca amizade com Mendes e cita coerência na entrega do Detran a Taques

“Muitos estão lá e provavelmente alguns continuarão lá se eu for governador de Mato Grosso. Conheço alguns deles, conheço a competência, o trabalho e tenho certeza que são bons profissionais”, respondeu Mauro Mendes, ao ser questionado se atribuía ao secretários o fracasso citado por ele da gestão Pedro Taques.

Mendes, no entanto, não abriu mão de criticar o modo como Taques conduz o Executivo. Ele tomou o cuidado de não responsabilizar os aliados que estão no Governo e comparou a administração tucana a um time de futebol mal dirigido.

“O Governo é como uma orquestra ou como um time de futebol, tem que ter um bom maestro, um bom técnico, tem que ter foco, saber estabelecer meta, diretrizes. Tem que criar espírito de equipe, fazer a engrenagem funcionar, fazer a máquina rodar. Esse é o papel do principal gestor. Muitas vezes você não é o operador da ponta, você não é o cara que toca o dia a dia. Mas você é o cara que liga as pontas, que faz as articulações políticas, que faz a coisa funcionar. Se isso não existe, você pode ter o melhor time, sem um bom técnico não funciona”.

Ao todo, seis membros do primeiro escalão de Taques possuíram ligação com a gestão de Mendes na Prefeitura de Cuiabá: Guilherme Muller, de Planejamento; Rogerio Gallo de Fazenda; Thiago França, presidente do Detran-MT; Suelme Evangelista, de Agricultura Familiar; Kleber Lima, de Comunicação; e Marioneide Kliemaschewsk, de Educação.

Atualmente, permanecem no staff do tucano Guilherme Muller, Rogerio Gallo e Marioneide. Thiago França, conforme divulgou o Olhar Direto, deixou a presidência do Detran recentemente justamente por conta da relação que mantém com Mauro.

Tanto Mauro Mendes quanto Pedro Taques sempre fizeram questão de destacar que o ex-prefeito de Cuiabá nunca influenciou na escolha dos secretários. “Eu posso dizer que nós temos a honra e, eles estão lá por única e exclusiva competência deles. Eu já disse isso na imprensa, nunca fui chamado para opinar sobre eventual contratação de nenhum desses profissionais”, reforçou o democrata.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet