Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

Sem recuo

‘Neutro’, prefeito diz que Fagundes não deve recuar e sugere nomes para vice

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

‘Neutro’, prefeito diz que Fagundes não deve recuar e sugere nomes para vice
Com a orientação de seu partido de não manifestar apoio ao senador Wellington Fagundes (PR) em seu projeto de pré-candidatura ao Governo do Estado, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) alertou que republicano não tem a intenção de recuar, ou se aliar ao grupo de Mauro Mendes (DEM) na disputa contra o governador Pedro Taques (PSDB).

Leia também
Emanuel Pinheiro diz que irá se manter neutro em relação ao apoio do MDB a Mauro Mendes


“Pelo que eu vi e estou conversando com o senador, ele será candidato. Está se preparando para isso, para fazer aquilo que nós propusemos construir, com uma agenda positiva para o Estado”, disse o emedebista na manhã desta quinta-feira (26).

O prefeito ainda avaliou que mesmo com a saída do MDB, o grupo de Fagundes ainda está muito forte, e elogiou o nome do deputado federal Adilton Sachetti (PRB), que sem espaço nas chapas de Mauro e de Taques, pode se aliar ao grupo do senador.

“É possível a construção. Há o desejo nosso de que o grupo possa somar e fortalecer a chapa do senador Wellington com nomes de peso como do deputado federal Adilton Sachetti e inclusive ser um dos candidatos ao Senado da República”.

Por fim, o emedebista afirmou que no grupo, que conta atualmente com o apoio de PP, PTB, PCdoB e PR existem vários nomes de peso para estar na chapa como candidato à vice do republicano.

“Temos uma inflação de nomes colocados na chapa do Wellington. A ex-reitora é um grande nome para vice, o José Medeiros é um grande nome para reeleição ou para vice, com o Sachetti vindo, a Serys é um grande nome para federal ou para vice. No PTB, Chico Galindo é um grande nome para vice. No PP, o Neri Geller é um grande nome para federal, senador ou para vice. Então falta de opção, o arco de aliança não tem”, concluiu.

Até o momento, o único pré-candidato ao governo que não oficializou a disputa para o Palácio Paiaguas foi o senador Wellington Fagundes. No início desta semana, tanto Pedro Taques, quanto Mauro Mendes lançaram as pré-candidaturas e apresentaram nomes para compor suas chapas. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet