Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Ouça e veja os jingles dos candidatos a governador em Mato Grosso

Da Redação - Wesley Santiago

20 Ago 2018 - 17:23

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto/Reprodução

 Ouça e veja   os jingles dos candidatos a governador em Mato Grosso
Com o início do período eleitoral, os candidatos ao governo do Estado de Mato Grosso lançaram os seus jingles de campanha. Até o momento, três dos cinco postulantes ao Palácio Paiaguás (Mauro Mendes, Pedro Taques e Wellington Fagundes) já postaram em suas redes sociais os vídeos com as letras e artes feitas para o pleito deste ano. A lista abaixo será colocada em ordem alfabética.

Leia mais:
Disputa eleitoral em MT tem ‘Madona’, ‘Jurubeba’ e ‘Tiririca do Pantanal’; veja nomes inusitados
 
O candidato Mauro Mendes apostou em um jingle voltado para o forró. Na letra, o pedido do democrata é para que aconteçam mudanças em Mato Grosso. A canção ainda relembra a trajetória do empresário como prefeito de Cuiabá e pede que as pessoas “deixem o passado para trás”.
 

 
Confira a letra do jingle de Mauro Mendes (DEM):
 
Tá na nossa mão
Tá na mão da gente
Dar pra Mato Grosso
Um futuro diferente
 
Tá na nossa voz
E no coração
Mato Grosso quer mudança
Nele eu tenho confiança
Pra cumprir essa missão
 
Esse cara é diferente, eu conheço
Já fez muito em Cuiabá
Valorizou o professor
Respeito o servidor
E ainda fez a saúde funcionar
 
Ele tá mais que preparado pra escrever em mato grosso
A história que ele fez em Cuiabá
 
Mostra o "M" da mudança
Tá nas mãos é só olhar
Mato Grosso vai pra frente, é Mauro Mendes
É 25 pra mudar
 
Pra vencer
Pra cumprir
Pra fazer
Mato Grosso voltar a crescer
 
Pra tratar com carinho e respeito
Eu e você
Pra trazer cada canto pra perto
Governar e fazer o que é certo
 
Pra deixar o passado pra trás
E o futuro mudar pra nós

 
O governador e candidato a reeleição, Pedro Taques, também aproveitou o seu jingle para destacar os trabalhos feitos por ele durante os quase quatro anos na cadeira do Palácio Paiaguás. Com um pedido de continuidade, a canção destaca que é “preciso seguir em frente” e também lutar contra o “mal que engana a gente”.
 

 
Confira a letra do jingle de Pedro Taques (PSDB):
 
Abra o olho e veja a luz do sol
Foi tanta batalha contra o mal que engana a gente
Só quem enfrentou a escuridão
Fez a estrada pra seguir em frente
Clareou
 
Clareou mais ainda há dor
Sem parar o que já começou
Pela primeira vez veio um homem que olhou
batalhou deu a cara enfrentou
 
Ele é povo, é raiz, é rochedo
Pegou terra arrasada sem medo
Fez com pouco e não se misturou,
Tô com Pedro
 
Bora bora bora bora,
Gente, que agora clareou
O Pedro tá arrumando a casa
Tá preparado, experiente
 
Bora bora bora bora, gente, que agora clareou
O Pedro tá arrumando a casa
É Pedro pra seguir em frente
 
Na crise fez estrada para o povo e para a produção passar
200 UTI’s e a Caravana, o povo não quer mais parar
Quando ele começou pronto-socorro novo foi se levantando
Escola Integral Pedro fez, já tem 40 funcionando
 
Bora bora bora bora,
Gente, que agora clareou
O Pedro tá arrumando a casa
Tá preparado, experiente
 
Bora bora bora bora,
Gente, que agora clareou
Se parar agora estraga
É Pedro pra seguir em frente

 
O senador e também postulante ao comando do Palácio Paiaguás, Wellington Fagundes, começa o seu jingle com acordes de violão e um ritmo lento, destacando os projetos não finalizados pela atual governo de Pedro Taques, com o destaque para o uso do VLT representando o “Mato Grosso que parou”. Depois, em ritmo mais animado e “esperançoso”, a canção pede uma “virada” no tempo e no comando do Estado.
 

 
Confira a letra do jingle de Wellington Fagundes (PR):
 
A terra secou
No coração do Brasil
Mato Grosso parou
Nosso povo sentiu
 
Mas nenhuma seca
Dura para sempre
O verde traz esperança
Pra alegria da gente
 
Vira o tempo, vira a página
A safra agora é boa
Tem um homem que trabalha
E sabe cuidar das pessoas
 
Ele é humilde, é um irmão
E tá fechado com o povo
Usa a razão e o coração
E vai governar pra todos
 
Levanta a cabeça
Sacode a poeira
Pra seca acabar deixa o verde brotar
Agora é Wellington é 22
É nossa gente em primeiro lugar
 
Vira o tempo, vira a página
Deixa o Wellington trabalhar
Ele é o homem certo
Pra essa seca acabar

Vira o tempo, vira a página
Agora é pra mudar
Wellington é competente
A gente pode confiar
 
Levanta a cabeça
Sacode a poeira
Pra seca acabar deixa o verde brotar
Agora é Wellington é 22
É nossa gente em primeiro lugar

 
Os outros dois candidatos ao governo do Estado, Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (PSOL) ainda não divulgaram os seus jingles de campanha. Esta matéria será atualizada assim que os postulantes ao Palácio Paiaguás publicarem os trabalhos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet