Olhar Direto

Terça-feira, 12 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Taques se desculpa com Selma e diz que crise de Leitão com magistrada será resolvida por advogados

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

31 Ago 2018 - 11:48

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Taques se desculpa com Selma e diz que crise de Leitão com magistrada será resolvida por advogados
O governador Pedro Taques (PSDB) se desculpou, por meio da imprensa, com a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), candidata ao Senado em sua chapa, por não ter tido, segundo ele, tempo para pedir voto a ela durante suas considerações finais no debate ocorrido na TV Gazeta, durante esta tarde. O candidato a reeleição também disse que a crise entre o deputado federal Nilson Leitão e magistrada já foi superada e que o assunto está sendo resolvido por advogados.

Leia mais:
Taques vê debate positivo, mas critica Mauro por não responder sobre redução em secretarias


“Não deu tempo. Quero pedir voto para a juíza Selma e para o Nilson Leitão, os dois candidatos ao Senado na nossa chapa. Ali no debate não deu tempo”, explicou ao ser questionado sobre o fato por jornalistas.

O tucano também afirmou que a crise vivida por seus dois candidatos ao Senado já está superada e que não cabe a ele discutir sobre a questão de tempo de cada um no horário eleitoral gratuito.  

“Não tem crise e este conflito já está resolvido. Isso ai são os advogados que estão vendo e não me cabe, como candidato a reeleição entrar nesta questão do tempo de TV”, afirmou.

Nos últimos dias, a relação de Nilson Leitão e Selma Arruda, que já não era a das melhores desde a oficialização da chapa, piorou após a juíza ameaçar ingressar na Justiça Eleitoral por ter menor tempo no programa gratuito.

A divisão do tempo da coligação "Segue em Frente Mato Grosso” tem 1 minuto e 39 segundos para os candidatos ao Senado. O tucano tem 42 segundos e Selma apenas sete. Todos os partidos juntos dispõem de mais 50 segundos que serão divididos entre ambos, assegurando mais 25 segundos para cada candidato.

Em reunião na tarde de quarta-feira (29), os presidentes estaduais do PSDB e do PSL, Paulo Borges e Victório Galli disseram que Selma e Leitão vão se reunir nas próximas horas para decidir a questão do tempo de TV.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Welber
    31 Ago 2018 às 14:03

    Tomara que a Dra. Selma (deixou de ser juiza tá, mas Pedrita parece que ainda não sabe disso, como também não sabe de nada porque tava morando num universo paralelo onde fez um governo sério e integro) não se perca na política da mesma forma que Pedrita se perdeu.

  • Sr, Clarindo
    31 Ago 2018 às 13:35

    Não sei pq esse governador foi arrumar briga com os servidores dele. Agora, por causa disso nao sera reeleito, infelizmente.

Sitevip Internet