Olhar Direto

Terça-feira, 19 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

​Selma volta ao horário eleitoral e foca corrupção; candidatos abordam independência

Da Redação - Lucas Bólico

07 Set 2018 - 12:32

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

​Selma volta ao horário eleitoral e foca corrupção; candidatos abordam independência
A candidata Selma Arruda (PSL) voltou à televisão nesta sexta-feira (7), após conseguir na Justiça retomar seu tempo no horário eleitoral, e abordou combate à corrupção como principal bandeira. Com tempo curto, mostrou imagem de notícias sobre sua atuação como magistrada e retirou a parte que chamava os eleitores para irem às redes sociais para descobrirem porque “não querem” que conheçam ela e Jair Bolsonaro (PSL).

Leia também:
Justiça devolve tempo de TV para juíza Selma e estipula multa de R$ 50 mil por descumprimento
 
Nilson Leitão (PSL), colega de chapa de Selma, também abordou o combate à corrupção como temática de seu programa. Ele defendeu que é necessário “passar o Brasil a limpo”, apesar de parecer que a corrupção não tem fim. “Está na hora de virar a página e construir um futuro para o pais”, sustentou.
 
Jayme Campos (DEM), líder nas pesquisas, mostrou depoimento de eleitores defendendo seu trabalho.
 
Independência
 
No dia da Independência da República, parte dos candidatos ao Senado abordou o tema no horário eleitoral. Com o tom mais crítico, a ex-reitora da UFMT Maria Lucia Cavali Neder (PCdoB) questionou o que se o Brasil pode comemorar independência tendo Michel Temer (MDB) como presidente da República e afirmou que o Governo Federal está vendendo riquezas do país e tirando a soberania e o respeito à vontade popular.
 
Adilton Sachetti (PRB) destacou que a educação é a garantia de independência de destacou trabalhar por escolas de tempo integral e cursos profissionalizantes. No restante do tempo, Sachetti voltou a exibir uma gravação do senador e ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PR). “Esse é o homem certo para ficar no meu lugar no Senado Federal”, disse Maggi.
 
Fávaro também destacou a educação como garantia de independência e citou a importância de cursos profissionalizantes, conhecimento e trabalho para o cidadão ter as rédeas da própria vida.
 
Tempo curto

Entre os candidatos com menos tempo, Procurado Mauro (Psol) chamou os eleitores para as redes sociais, Waldir Caldas (Novo) voltou a defender o fim do horário eleitoral e Sebastião Carlos (Rede) pontuou que tem propostas para reformas tributária e fiscal.
 

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gunther Reuter
    08 Set 2018 às 06:21

    Nilson Leitão abordou “corrupção”. Oras, queria perguntar ao Deputado Nilson Leitão: “o que pode levar um parlamentar a votar a favor do trabalho escravo, refis dos grandes e ricos devedores, e a favor de acobertar os crimes de Temer ? E agora vem com discurso de combate à corrupção ?! Faça-me o favor, demagogia deveria ser extirpada da política Mato-grossense. Espero que o povo tenha memória .

  • manoel costa
    07 Set 2018 às 22:38

    a ex juiza esta mais perdida do que faca em tiroteio

  • Diogo
    07 Set 2018 às 17:32

    Meu voto é na legenda 17 Barbudo e Selma para dar governabilidade o governo Bolsonaro

  • Regina
    07 Set 2018 às 14:48

    Selma com esse veio barbudo na assessoria, é só pra rir

  • Carlos Nunes
    07 Set 2018 às 14:27

    A Juíza SELMA tem que ser eleita Senadora por Mato Grosso...pra propor Leis mais severas contra a Corrupção - uma delas seria a introdução da prisão perpétua pra Corruptos. Quem afanar o dinheiro do povo, vai mofar na cadeia. Essa safra atual de políticos foi light com a Corrupção...precisa endurecer. Neste momento em que digito este comentário, em algum lugar desse brasilzão, tem um Grupo de maus brasileiros passando a mão no dinheiro, jamais saberemos disso, até que apareça um delator premiado que abra o bico e conte tudo. Aí, mais um lobo em pele de cordeiro é desmascarado.

  • Mariana
    07 Set 2018 às 13:55

    PROFESSORA MARIA LÚCIA 654

  • José Lopes
    07 Set 2018 às 13:51

    Até que enfim a Dra Selma está livre pra política, juntos Selma e Nelson Barbudo, eu voto.

Sitevip Internet