Olhar Direto

Quarta-feira, 12 de maio de 2021

Notícias | Política MT

Dados do TRE

Sachetti gasta R$ 1,4 mil com água mineral para campanha e Fávaro investe R$ 30 mil no Facebook

Foto: Olhar Direto

Sachetti gasta R$ 1,4 mil com água mineral para campanha e Fávaro investe R$ 30 mil no Facebook
Os candidatos ao Senado por Mato Grosso, Adilton Sachetti (PRB) e Carlos Fávaro (PSD), declararam ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) terem gasto até o momento, juntos, cerca de R$ 35 mil em suas respectivas campanhas. Conforme a declaração de cada candidato, Sachetti gastou R$ 1.450,00 na aquisição de água mineral, enquanto Fávaro investiu R$ 30 mil para impulsionar suas publicações no Facebook.

Leia mais:
Wellington Fagundes e Pedro Taques recebem R$ 2,2 milhões em doações do PR e PSDB

Sachetti informou ao órgão que, até o momento, recebeu R$ 850 mil em doações – a maior parte do valor advém do Fundo Partidário e R$ 50 mil foi doado por Natasha Preza Sachetti, sobrinha do deputado. Deste montante, conforme declarado, ele utilizou somente os R$ 1.450,00 gastos com água.

Carlos Fávaro arrecadou R$ 180 mil e gastou R$ R$ 33,8 mil. A maior parcela das despesas foi com impulsionamento de conteúdos no Facebook. O restante do valor foi gasto com produção de comícios.

As campanhas eleitorais estão sendo financiadas, em sua esmagadora maioria, por recursos públicos oriundos do Fundo Eleitoral ou do Fundo Partidário. No dia 22 de agosto o TRE de Mato Grosso alertou para a obrigatoriedade da declaração.

Por força de lei, assim que receber qualquer doação em dinheiro, todos os candidatos têm 72 horas para enviar o relatório à Justiça Eleitoral, por meio eletrônico. Caso sejam constatados indícios de pagamento de campanha eleitoral sem a devida informação oficial, os dados serão enviados à Procuradoria Regional Eleitoral.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet