Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

Avianca

Problema em trem de pouso de aeronave que vinha para Cuiabá faz piloto sobrevoar aeroporto por uma hora

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Problema em trem de pouso de aeronave que vinha para Cuiabá faz piloto sobrevoar aeroporto por uma hora
Um problema no trem de pouso de uma aeronave da Avianca, que faria o trajeto entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), obrigou o piloto a circular quase uma hora próximo ao terminal paulista, no início da madrugada desta quinta-feira (27). O avião teve de retornar por conta do problema.

Alguns minutos após a decolagem, o piloto do Airbus A320 da companhia verificou que o trem de pouso não foi recolhido após o procedimento. Ele então comunicou o fato à torre de controle e avisou aos passageiros que teria de sobrevoar a região durante algum tempo para queimar combustível. 

"Saindo de Guarulhos, depois de 40 minutos de voo, o piloto avisa que o trem de pouso não recolheu e precisava retornar. Porém, precisava perder combustível para descer. Ficou voando em círculos por uma hora. Foi uma hora de tensão e angústia", relatou uma passageiro que preferiu não se identificar.

Depois de queimar uma margem considerável de combustível, por questões de segurança, o piloto retornou para o Aeroporto de Guarulhos e efetuou o pouso sem nenhum problema maior.

A aeronave tinha Cuiabá como destino. Os passageiros só foram chegar na capital mato-grossense durante a madrugada desta quinta-feira (27).

A Avianca informou que "a aeronave que realizaria o voo O6 6386 teve que passar por uma manutenção nessa quinta-feira (27/09) e foi substituída por outro equipamento. Por este motivo, o voo que liga os aeroportos Internacionais de Guarulhos e Cuiabá sofreu um atraso".
 
Além disto, acrescentou que "a empresa não mediu esforços para atender a todos o mais rápido e da melhor forma possível. Após a troca de aeronaves, o avião decolou às 0h30 de São Paulo e aterrissou no seu destino final à 1h30, em horário local".
 
"A Avianca Brasil lamenta o desconforto causado, mas reforça que eventuais manutenções são procedimentos, embora indesejados, às vezes necessários, para garantir a segurança dos passageiros e colaboradores, prioridade número um da companhia", finaliza a nota.

O site Flight Radar, responsável por acompanhar voos em tempo real, registrou a espera da aeronave. Veja AQUI.

Colisão com pássaro

Uma aeronave da Azul Linhas Aéreas precisou retornar, no último domingo (23), ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), após colidir com um pássaro durante o seu procedimento de subida. A viagem tinha como destino a cidade de Alta Floresta (800 km da capital mato-grossense).

Em nota, a Azul Linhas Aéreas confirmou o fato ao Olhar Direto:  “a aeronave que faria o voo 2610 do último domingo (23), que partiu de Cuiabá para Alta Floresta, precisou retornar para o aeroporto de origem em função de uma colisão com pássaro”
 
Além disto, a companhia acrescentou que “em função do incidente, o voo foi cancelado e os clientes receberam toda a assistência necessária, de acordo com a resolução 400 da Anac. A Azul lamenta o transtorno ocorrido aos seus Clientes e ressalta que medidas como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações”.

Atualizada às 12h26.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet