Olhar Direto

Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

“Vou apoiar o Bolsonaro, está decidido”, diz Taques sobre segundo turno

Da Reportagem Local - Érika Oliveira/Da Redação - Lucas Bólico

28 Set 2018 - 17:18

Foto: Rogério Florentino Pereira/ OD

“Vou apoiar o Bolsonaro, está decidido”, diz Taques sobre segundo turno
Enquanto o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) mira sua artilharia contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) para tentar chegar ao segundo turno, o também tucano Pedro Taques (PSDB) tem usado estratégia oposta: busca ‘colar’ sua imagem na do deputado federal do Rio de Janeiro para também tentar alcançar o segundo turno na disputa pelo Governo de Mato Grosso.

Leia também:
Após troca de farpas nos bastidores de debate, Mendes vê desespero de Taques com alta rejeição
 
Oficialmente, a candidata ao Senado pelo PSL em Mato Grosso, Selma Arruda, já declarou “independência” da aliança com Taques e tem buscado manter o máximo de distância possível do governador. Isso - e nem o fato de o PSDB ter candidato próprio à Presidência – não impediu a campanha de Taques de produzir material relacionando-o a Bolsonaro.
 
Após término de debate realizado na manhã desta sexta-feira (28), o tucano falou sobre o assunto e já declarou voto antecipado a Jair Bolsonaro em um eventual segundo turno com Fernando Haddad (PT).
 
“Nós vamos ao segundo turno com Alckmin, se o Alckmin não for ao segundo turno, mas eu acredito que vá, eu não apoio o PT. Eu vou apoiar o Bolsonaro, está decidido já”, sacramentou Taques.
 
Taques também foi questionado sobre possíveis desgastes que investigações sobre tucanos podem provocar no partido. Hoje mesmo o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) de Goiás foi alvo de busca e apreensão em operação da Polícia Federal. “Cada um responde por seus atos. Eu não posso responder por atos de outro, de outro estado, cada um tem seu CPF”.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet