Olhar Direto

Sexta-feira, 16 de abril de 2021

Notícias / Política MT

ESTÁ NO CADEIÃO

Candidata é detida por suspeita de ‘boca de urna’ com material eleitoral dentro de carro

Da Redação - Vinicius Mendes

07 Out 2018 - 11:51

Foto: Rogério Florentino / OD / Reprodução

Candidata é detida por suspeita de ‘boca de urna’ com material eleitoral dentro de carro
A candidata a deputada estadual por Mato Grosso, Aparecida Ribeiro de Oliveira, a “Cida do Camelô” (PSDB), foi detida neste domingo (7) por suspeita de “boca de urna”, um crime eleitoral que consiste na tentativa de convencimento, ou mesmo propaganda, de candidatos no dia da eleição. Cida tinha material eleitoral em seu carro e foi levada ao “cadeião” do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).
 
Leia mais:
Candidato e mais 14 são presos por crimes eleitorais; indígena é flagrado com 70 títulos
 
A assessoria do PSDB confirmou que a candidata tinha material eleitoral dentro de seu carro e foi detida por suspeita de boca de urna. O setor jurídico do partido já foi acionado para lidar com a questão.

Rogério Florentino Pereira/ OD
 
A candidata estaria cometendo o crime nas proximidades de um colégio eleitoral em Cuiabá na manhã de hoje (7). Ela foi presa pelos agentes federais e levada ao cadeião do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).
 
Ainda não foi confirmado se a candidata estaria promovendo outros candidatos além dela. A “boca de urna” é uma prática proibida pela legislação eleitoral (Lei Ordinária nº 9.504/97) e prevê uma pena de seis meses a um ano de detenção, além do pagamento de multa.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet