Olhar Direto

Quarta-feira, 27 de maio de 2020

Notícias / Política MT

Com discurso e trio elétrico na 'Praça do Choppão', Mauro Mendes encerra festa da vitória; veja como foi

Da Redação - Wesley Santiago/Lucas Bólico/Érika Oliveira/Carlos Dorilêo

07 Out 2018 - 17:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Com discurso e trio elétrico na 'Praça do Choppão', Mauro Mendes encerra festa da vitória; veja como foi
Com uma grande festa, o governador eleito de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), terminou a comemoração da sua vitória nas urnas, neste domingo (07), na Praça do Choppão, em Cuiabá. Em cima de um trio elétrico, ele agradeceu o apoio e prometeu começar a trabalhar já na próxima segunda-feira (08). Agora, ele foca a sua atenção em montar o secretariado e já inicia os trabalhos de transição.

Leia mais:
De aliado a algoz: Mendes é eleito governador em primeiro turno e impõe dura derrota a Taques
 
A borda do trio elétrico, Mauro Mendes esteve abraçado por diversos de seus aliados, como o deputado federal, Fábio Garcia (DEM) e o candidato derrotado ao Senado (ficou em terceiro), Carlos Fávaro. Em discurso, agradeceu os votos confiados a ele e prometeu lutar pelos interesses dos mato-grossenses.

 
“Daqui quatro anos, se Deus quiser, Mato Grosso será melhor, com saúde melhor e que devolva a todos nós, o suado imposto que cada cidadão paga. Muito obrigado, muito obrigado, muito obrigado. Que Deus nos abençoe e esteja do nosso lado”, disse o governador eleito.
 
Mauro Mendes conseguiu a maioria dos votos e cravou a vitória em primeiro turno. Wellington Fagundes (PR) e Pedro Taques (PSDB) tiveram menos de 20% dos votos.
 
A vitória de Mauro Mendes mantém a tradição do eleitorado mato-grossense de escolher seu governador sempre em primeiro turno. A “quebra de tabu" fica por parte da não reeleição de Pedro Taques. Todos seus antecessores, inclusive Silval Barbosa, ganharam as eleições estando no comando do Palácio Paiaguás.
 
“Amanhã nós vamos começar as primeiras reuniões pra montar a transição, pra começar o planejamento pra 2019, e se Deus quiser vamos trabalhar muito, com fé em Deus, com muito amor, trabalhar, fazer política, ao lado da verdade, ao lado da honestidade, pra que nós possamos entregar, daqui a quatro anos, um estado melhor. Hoje nós tivemos uma vitória eleitoral, então temos que trabalhar muito pra tornar nossa vitória num ganho pra população do Estado”, afirmou Mendes, após a apuração da maior parte das urnas.
 
Mendes liderou uma chapa de ex-aliados de Pedro Taques para impor uma dura derrota ao tucano. A chapa do democrata tinha como candidatos ao Senado Jayme Campos (DEM), apoiador de Taques, e o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD). Seu vice, Otaviano Pivetta (PDT), coordenou a campanha de Taques em 2014 e também a transição do governo.

[Bastidores]

21h05 - Em nota, o atual governador Pedro Taques (PSDB) agradeceu os votos que recebeu, parabenizou Mauro Mendes pela vitória e afirmou que seguirá "trabalhando ininterruptamente, e com o mesmo entusiasmo, até o último minuto deste mandato".

20h55 - Até o momento, o governador e terceiro colocado nestas eleições, Pedro Taques (PSDB), não se pronunciou. Wellington Fagundes (PR) também não emitiu nenhuma nota ou prestou declarações à imprensa.

20h40 - Com uma grande bateria de fogos, o novo governador de Mato Grosso foi recebido no local.

20h38 - O candidato Mauro Mendes e seus aliados chegaram a Praça do Choppão, ponto já conhecido onde os políticos comemoram suas vitórias em Cuiabá.

20h20 - O candidato derrotado ao governo, Arthur Nogueira (Rede), agradeceu os votos que recebeu na disputa deste ano: "Agradeço a confiança dos quase 25 mil eleitores que acreditaram na nossa proposta de uma nova maneira de realizar política. O propósito inicial, desde minha filiação no partido Rede Sustentabilidade, passando pelos 45 dias de campanha, teve o comprometimento com a verdade,  apresentando a realidade das principais áreas que afetam a população. Desejo muita sabedoria a Mauro Mendes para atender aos anseios daqueles que nele o confiaram a gestão do Estado, sabendo todos que o mesmo terá também como compromisso atender aos interesses daqueles que o apoiaram. Aos candidatos Pedro Taques, Wellington Fagundes e Moisés Franz, meus cumprimentos pela votação alcançada. Agradeço ao partido Rede Sustentabilidade pela oportunidade de disputar este pleito e aos candidatos que estiveram juntos nesta caminhada".

20h16 - A juíza aposentada Selma Arruda (PSL), também foi outra a comemorar a vitória: "Estou muito feliz, muito agradecida ao povo de Mato Grosso. Eu sei que a resposta do povo foi a resposta sincera, que fugiu de todas as fake news, de todas as máculas, todas as calúnias que fizeram ao meu respeito. O povo não é mais bobo, eu fiquei muito orgulhosa do povo de Mato Grosso, de saber que esse jogo sujo, graças a Deus, não apagou a minha imagem".

19h56 - “Amanhã nós vamos começar as primeiras reuniões pra montar a transição, pra começar o planejamento pra 2019, e se Deus quiser vamos trabalhar muito, com fé em Deus, com muito amor, trabalhar, fazer política, ao lado da verdade, ao lado da honestidade, pra que nós possamos entregar, daqui a quatro anos, um estado melhor. Hoje nós tivemos uma vitória eleitoral, então temos que trabalhar muito pra tornar nossa vitória num ganho pra população do Estado", afirmou Mendes, após a apuração da maior parte das urnas.



19h54 - Após o fim da apuração, o Olhar Direto continua cobrindo a festa dos vencedores nos bastidores.

19h53 - Está definido que a eleição presidencial terá segundo turno. Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se enfrentarão.

19h44 - Neste momento, com 97% das urnas apuradas, estariam sendo eleitos deputados estaduais: Janaína Riva, Nininho, Max Russi, Eduardo Botelho, Delegado Claudinei, Guilherme Maluf, Dilmar Dal Bosco, entre outros.

19h18 - Mauro Mendes é eleito o novo governador de Mato Grosso.

18h44 - Com 79% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro continua liderando na disputa pela presidência, com 48,03% dos votos. Ele é seguido por Fernando Haddad (26,74%) e Ciro Gomes (12,37%).

18h30 - A atual deputada estadual e candidata à reeleição, Janaína Riva passou a liderar a disputa pela vaga na ALMT, com 4,03% dos votos. Depois aparecem: Nininho (2,78%); Max Russi (2,44%); Dilmar Dal Bosco (2,24%) e Guilherme Maluf (2,19%). As informações são referente a 56% das urnas apuradas.

18h23 - Nelson Barbudo continua a liderar a disputa de deputado federal, com 9,09% dos votos. Depois, aparecem José Medeiros (5,26%) e Neri Geller (5,01%). As informações são referente a 51% das urnas apuradas.

18h21 - O presidente do TRE, Márcio Vidal, conversou com jornalistas logo após o encerramento da votação em Mato Grosso. Ele voltou a afirmar que não há possibilidade de fraudes nas runas. “Primeiro, nós sofremos vários ataques na mídia à tecnologia, muito fake news, a princípio também era esperado.Pessoas que nem sempre prezam pela verdade, pelo bem construir, pelo contrário, quer destruir, quanto pior é melhor. Então nós tivemos inúmeras denúncias falsas, e isso levou a equipe a agir rapidamente, a própria Ascom do Tribunal Regional Eleitoral, a exemplo também do que se sucedeu no próprio Tribunal Superior Eleitoral, e outros tribunais regionais do Brasil. E a gente está explicando que isso é uma farsa. No mais, algumas prisões, também foi dentro do número esperado, já que estamos lidando com dois milhões e trezentas mil pessoas. É natural que tenhamos alguma situação, alguma anomalia, pesosas que se recusam a cumprir as regras. E de uma certa forma foi dentro da normalidade”, disse. 



Márcio também explicou a razão da demora da votação, por conta dos erros na biometria. “Nós vivemos uma era digital, então a justiça eleitoral realmente inova nessa área. A biometria veio pra evitar fraude, o problema é que nós não esperávamos que o sistema falhasse, e ele falhou. Por uma razão qualquer a identificação do eleitor pela digital falhou, e com isso houve, obviamente, atraso do cidadão eleitor em votar. Além dessa questão nós temos que reconhecer que votar em seis cargos, com números variáveis, é uma certa dificuldade. A pessoa precisa levar uma cola, outras não, mas isso tudo, acrescido de determinadas sessões especificamente, por exemplo, na área central de Cuiabá, é um corpo de pessoas de certa idade, a dificuldade é natural dessas pessoas. Tudo isso somado, gera um atraso, e que nós iremos corrigir, desmembrando essas seções pra justamente não ocorrer mais esse fato constrangedor ao cidadão eleitor. E aproveito pra pedir desculpas em nome da justiça eleitoral”.

18h05 - Com 50% das urnas apuradas no país, Bolsonaro lidera com (49,02%). Depois aparecem: Haddad (26,09%); Ciro Gomes (12,31%); Geraldo Alckmin (4,84%); João Amoêdo (2,76%); Henrique Meirelles (1,25%); Cabo Daciolo (1,07%); Alvaro Dias (1,04%); Marina Silval (0,95%); Guilherme Boulos (0,55%); Vera (0,05%); Eymael (0,04%); João Goulart Filho (0,03%).

17h56 - Na disputa pela vaga na Assembleia Legislativa, estão: Nininho - PSD (3,90%); Janaína Riva - MDB (3,65%) e Dr. Eugênio - PSB (3,32%). As informações são referentes à apuração de 23% das urnas.

17h53 - Com 23% das urnas apuradas, Nelson Barbudo (PSL) lidera na disputa para a Câmara Federal com 9,14% dos votos. Depois aparecem: José Medeiros (PODE), com 5,48% e Carlos Bezerra (MDB), com 5,27%. As informações são referentes à apuração de 23% das urnas.

17h31 - Até o momento foram contabilizadas 11.106 abstenções em Mato Grosso

17h - Está encerrada a votação em Mato Grosso.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • alexandre
    09 Out 2018 às 07:48

    Elegemos o menos pior... Welton não..

  • Servidor
    08 Out 2018 às 10:37

    Sou servidor público e toda vez que um empresário assume o Palácio Paiaguas eu fico deverás preocupado, pois tradicionalmente eles (empresários) são péssimos administradores públicos, pensam que o servidor público é um entrave ao desenvolvimento - ledo engano, somos parte fundamental para o bom desenvolvimento do Estado.

  • LEI
    08 Out 2018 às 09:45

    Tomara que ele não faça conosco o mesmo que fez com seus funcionários privados.

  • Zoélio - Servidor Público Federal
    08 Out 2018 às 08:15

    Eu espero que ele administre de forma harmônica e homogênea, uma vez quando Prefeito ele administrou bem, fez obras de qualidade, mas esqueceu da Região Norte (CPA), hoje carente em infraestruturas como: Creche, Pavimentação asfaltica, Unidades de Saúde, etc.

  • Luiz
    07 Out 2018 às 22:57

    Quem é esse tal de Barbudo??

  • Maria Conceição
    07 Out 2018 às 21:38

    que alegria, nossa mato grosso merecia isso! parabens ao novo governador e que deus ilumine seus caminhos! estou muito feliz.

Sitevip Internet