Olhar Direto

Sexta-feira, 07 de maio de 2021

Notícias | Cidades

estelionato

Polícia investiga golpe do investimento na bolsa de valores em Cuiabá; vítimas perdem dinheiro e bens

Foto: Reprodução

Polícia investiga golpe do investimento na bolsa de valores em Cuiabá; vítimas perdem dinheiro e bens
A Polícia Civil investiga um suposto golpe aplicado em pessoas que pretendem investir na bolsa de valores em Mato Grosso. Uma vítima, que preferiu não se identificar, denunciou ao Olhar Direto que investiu a quantia de R$ 52 mil, mas não obteve retorno financeiro como prometido pela empresa. Depois disso, os proprietários teriam se mudado e não atendiam mais ligações.

Leia mais: 
Polícia Civil divulga foto de estelionatário que aplica golpe do envelope vazio

A vítima ouvida pela reportagem disse que investiu o dinheiro com uma empresa chamada ‘Wall Street Investimentos’, que pertence a Rafael Bruno de Jesus Santos e a esposa Patrícia Nunes de Carmo.
 
Segundo ele, a empresa pegou um veículo modelo Corolla avaliado em R$ 41 mil, além da quantia em espécie de R$ 10 mil, que totalizou R$ 52 mil de investimento. A promessa seria que ele receberia o lucro de 12% em cima da quantia investida. No entanto, o fato não foi concretizado.
 
Ao procurar por Rafael e Patrícia, a vítima descobriu que eles não estariam mais morando na mesma residência. Além disso, o casal não atende mais ligações. Com isso, ele registrou um boletim de ocorrência junto à Polícia Civil. 
 
Em um grupo de Whatsapp, a vítima disse que estima ao menos outras 17 vítimas que investiram bens e dinheiro com o casal, mas não tiveram nenhum tipo de retorno financeiro.
 
A Polícia Civil, por meio da assessoria de imprensa, disse que já existem seis registros de boletim de ocorrência, sendo dois registrados no interior do Estado e dois em nome da empresa como  vítima.
 
Os demais registros são de pessoas que fizeram contratos de comodato com o escritório da empresa, repassando o veículo e que a empresa ficou de pagar determinada quantia e não cumpriu com o acordo, deixando a pessoa no prejuízo do veículo e do dinheiro. 
 
Os casos de Cuiabá são apurados na Delegacia de Estelionato, no prédio da 2ª DP do Carumbé. A orientação da PJC é confeccionar o boletim de ocorrência e comparecer na delegacia para prestar esclarecimento no inquérito que já está em andamento. 

Outro lado
 
Por meio de nota, a empresa Wall Street esclareceu que todos os clientes não serão lesados e todos serão ressarcidos, em breve. Sobre a ausência de contato direto, a empresa afirmou que é decorrente de uma estratégia adotada pela empresa em reação a ameaças recebidas - que estão todas documentadas. Esta medida visa prezar pela segurança de todos os envolvidos enquanto a questão é resolvida de maneira ágil e eficaz. Ainda conforme a nota, os atendimentos estão sendo via e-mail.

Confira abaixo a íntegra da nota encaminhada pela empresa:

Wall Street Investimentos 

CNPJ 26.403.556/0001-12 

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Ao Olhar Direto, 

À Imprensa, 

A empresa Wall Street vem através desta nota esclarecer pontos que vem sendo levantado no decorrer dos últimos dias.

1. Informamos ao renomado site de notícias que nossos clientes não serão lesados e que os possíveis valores devidos serão ressarcidos aos mesmos muito em breve, porém cumpre ressaltar alguns pontos divergentes do que vem sendo veiculado no intuito de macular a imagem da empresa e de seus dirigentes. 

2. A ausência de contato direto com seus clientes nos últimos dias é decorrente de uma estratégia adotada pela empresa em reação a ameaças recebidas - que estão todas documentadas. Esta medida visa prezar pela segurança de todos os envolvidos enquanto a questão é resolvida de maneira ágil e eficaz. Continuamos à disposição de nossos clientes por meio do e-mail invwallstreet@gmail.com

3. Diante das inverdades propagadas, nos cabe esclarecer que: 3.1 O Sr. Ailson pacheco, (com base no comentário na matéria veiculada no site Olhar Direto), afirma ter sido lesado numa quantia de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), quando na verdade o cliente tem apenas R$ 30.000,00 (trinta mil reais) alocado com nossa empresa, visto que o cliente recebeu a diferença (R$ 30.000,00) do valor da venda do carro IX35 imediatamente na concretização do negócio. Este fato pode ser facilmente comprovado por meio de extrato bancário. 

3.2. Clientes afirmam não ter havido retorno financeiro (“(...) mas não tiveram nenhum tipo de retorno financeiro.” Olhar Direto, 18/10/2018), o que é uma completa inverdade. Temos clientes em nossa carteira que recebem rendimentos há mais de 13 meses ininterruptos, alguns destes são clientes que indicam novos potenciais clientes e que foram recompensados financeiramente por cada novo negócio trazido, complementando assim sua renda, pois tem ocupação laboral como servidor público.

5. Ressaltamos que a ausência de contato direto é devido às insistentes ameaças contra a vida dos dirigentes e de seus familiares, propagadas via mensagem de texto (SMS) e WhatsApp, sendo medida de segurança para resguardar a vida dos dirigentes da empresa e de sua família.

6. Por fim, vale comentar que 30% das supostas vítimas são operadoras de marketing multinível (pirâmide financeira) e que também faziam indicação e eram justamente remuneradas por essas indicações, o que pode ser facilmente comprovado por meio de extrato bancário. 

7. Estamos certos que em momento oportuno a empresa terá o direito ao contraditório, esclarecendo este equívoco que está bem longe de ser classificado como estelionato, muito menos como golpe. Quanto a suposta existência de estelionato, temos plena convicção de que essa tese não será próspera, em especial em meio aos nossos clientes, uma vez que existe e existiu comercialização de um produto, onde obteve-se o uso por vários meses. A empresa foi prejudicada por atos levianos de um de seus fornecedores - a saber, o seu maior fornecedor - que ocorreram ainda em meados de Maio/2018, impactando diretamente nas receitas e na operação da empresa. 

Temos convicção que os clientes que estão suscitando essa tese de estelionato não são a maioria, e temos plena certeza de que os demais clientes de nossa carteira, conhecendo a índole dos dirigentes, tem se mostrado solidários ao momento delicado pelo qual a empresa está enfrentando. 

Nos colocamos à disposição de todos os parceiros e à imprensa para quaisquer esclarecimentos. 

Wall Street Investimentos. 


Atualizada às 15h23 
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet