Olhar Direto

Domingo, 09 de maio de 2021

Notícias | Política MT

TRANSIÇÃO

Mendes e Taques se reúnem pela primeira vez e Blairo Maggi dá conselho a democrata

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Mendes e Taques se reúnem pela primeira vez e Blairo Maggi dá conselho a democrata
Com a experiência de quem já passou por duas transições, ao se tornar governador e ao deixar o comando do Paiaguás, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), aconselhou o futuro governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), sobre as ações que devem tomadas até janeiro do próximo ano. O democrata se reúne no final da tarde desta quinta-feira (25) com o governador Pedro Taques (PSDB) para tratar justamente deste assunto. É a primeira vez que os dois se encontram desde as eleições.

Leia mais:
Mauro garante que “ataques” ficaram no passado, mas relação com Taques será meramente administrativa

“Nada deve ficar nas gavetas. O governador novo, o Mauro Mendes, terá que tomar decisões, mas também conversar com a população sobre o que ele tem que fazer e, às vezes, não tem condição. Quando se fala em oneração, eu entendo que se o Estado tem uma dificuldade de caixa momentânea eu defendo com todo vigor – Mato Grosso não é quebrado – que ele mostre um plano à sociedade e, inclusive, se ele tiver que subir impostos para isso, ele deve ser muito claro com a sociedade e dizer qual o período que isso vai acontecer”, orientou Blairo Maggi.

A princípio, o plano defendido por Mauro Mendes não inclui aumento de impostos a nenhum setor. O democrata, no entanto, não descarta a possibilidade. Em entrevista recente à reportagem do Olhar Direto, o empresário disse que irá focar, num primeiro momento, em uma redução drástica nos gastos do Executivo.

Embora evite falar em “primeiras ações”, Mauro Mendes deve assumir o Governo, em janeiro de 2019, anunciando o corte de pelo menos seis das 24 Secretarias que existem atualmente. Os cortes também envolvem demissões de funcionários.

A expectativa é de que em um mês o futuro governador apresente uma projeção do número de cargos que serão extintos. “Ele vai ter que fazer sacrifício, a sociedade faz outro, mas todos nós devemos estar envolvidos. É um pacto com a sociedade, que ajuda com o que tiver que ajudar, depois segue a vida normal”, analisou Blairo Maggi.

A reunião da tarde desta quinta-feira será o primeiro encontro entre Pedro Taques e Mauro Mendes. Eles deverão tratar exclusivamente sobre a transição, conforme adiantou o governador eleito. A conversa irá acontecer no Palácio Paiaguás e deverá contar com a presença de toda a equipe designada para a transição.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet