Olhar Direto

Terça-feira, 16 de julho de 2019

Notícias / Esportes

Queniano e etíope vencem 35ª Corrida de Reis em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

06 Jan 2019 - 09:21

Foto: Globo Esporte

Queniano e etíope vencem 35ª Corrida de Reis em Cuiabá
O queniano Paul Kipkorir Kipkemoi, 37, e a etíope Mestawut Fikir Truneh, venceram a 35ª edição da Corrida de Reis, que aconteceu na manhã deste domingo (6) em Cuiabá. Paul completou os dez quilômetros em 30 minutos e 6 segundos, e Mestawut em 36 minutos e 5 segundos. Cada um levou para casa um carro zero quilômetro.

Leia também:
Rede de Hoteis dá desconto e transfer gratuito para atletas da Corrida de Reis
 
De acordo com o Globo Esporte, 15 mil pessoas participaram da corrida, dentre profissionais e amadores. A Corrida de Reis é uma prova de rua organizada pela TV Centro América e Centro América FM. Mais de R$ 25 mil são distribuídos entre ganhadores da categoria especial, faixa etária e atletas que ficaram de 2ª a 5ª colocação na categoria geral.
 
Pódium
 
Paul Kipkorir Kipkemoi, vencedor da categoria masculina, ficou em 3º lugar na Corrida de Reis em 2018, e em 6º na Corrida de São Silvestre. Neste ano, ficou em segundo lugar Emanuel Gisamoda, da Tanzânia, e em terceiro, Nicolas Kiptoo Kosegi, também do Quênia.
 
Na categoria feminina, Esther Chesang Kakuri, do Quênia, ficou em 2º lugar, e a também queniana Janet Cheruto Masai, em 3º lugar.
 
Manoel Alves Leite, 42 anos, de Alto Paraguai (MT), cruzou a linha de chegada aos 38 minutos e 55 segundos de prova e venceu na categoria PcD (Pessoas com Deficiência). Ele possui deficiência visual.
 
*Com Globo Esporte

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Bainho
    06 Jan 2019 às 22:35

    Cadê os nomes dos brasileiros e mato-grossenses que também participaram da corrida?

  • Juca
    06 Jan 2019 às 21:59

    Papa Vento, se for para fazer o que você está falando, precisa pedir para a prefeita Várzea Grande, cortar pelo menos o carrapicho dos canteiros das avenidas, senão os coitados dos espectadores não podem nem assistir a corrida!

  • Lele
    06 Jan 2019 às 18:45

    Podia parar de prejudicar o Cidadão com essas Corridas Sem futuro. Pq não fazem em um local que não prejudica o direito de ir e vir das pessoas que precisam se deslocar por estas ruas.

  • Thaissa
    06 Jan 2019 às 18:11

    Gente é simples ... vcs sabem como funciona , não gostou não corre não assiste não se envolva é simples !

  • zélão barão
    06 Jan 2019 às 16:25

    AUMENTA 5 KM DENTRO DO LIMITE DE VARZEA GRANDE PRA FICAR SCHOLLL 15 KM IGUAL SÃO SILVESTRE E BENEFICIA A CIDADE INDUSTRIAL DE JAIME CAMPOS O SENADOR.

  • PAPA VENTO ( atleta )
    06 Jan 2019 às 16:22

    PÉSSIMA PÉSSIMA ( mesma essa organização de LARGADA ) 1º a Principio essa CORRIDA SE DEU NO IPASE-VG esse prefeito de VARZEA GRANDE é froxoooo ao EXTREMO. deixa uma TV tomar peito... quando DEVERIA PASSAR pelas avenidas de VARZEA GRANDE essa corrida se deu no ano de 1984/85 no IPASE . 2º ESSA LARGADA É UMA MERDAAAAAAAAAA>.. fica as 2 pista OCUPADAS e os candidatos TEM QUE VINR por AQUELE CORREDOR estreito = UMA PINGUELA>. vira a LARGADA então saindo da PONTE SERGIO MOTA (((( destino a ALAMEDA ido pra PONTE VELHA PORTO CUIABA sentido a frente 15 NOVEMBRO entrando ja na PRAINHA pronto RESOLVIDO o PROBLEMA>...A CHEGADA (((MACIÇA))) DOS atletas é pela BEIRA RIO causa 1 TRANSTORNO ENORME na HORA DA LARGADA>.. quem manda é a PLIN PLIN (1 sugestão de muitos e muitos )

  • Ivo
    06 Jan 2019 às 15:53

    Matéria incompleta faltou divulgar o brasileiro e o matogrossense melhor colocado aí sim informação completa

  • Andre N.
    06 Jan 2019 às 15:11

    A África é uma pobreza q só. Aí uma galera se especializa, como em maratonas, e um zé povinho reclama q eles ganham os prêmios por aqui. Será q eles queriam tb q um neymar da vida não ganhasse uma fortuna na Europa? Esporte é isso, honra ao mérito.

  • Nailto Balbino Diniz
    06 Jan 2019 às 14:58

    Meu sonho de estar nessa corrida de Reis, parabéns aos organizadores do evento, evento muito top

  • Lingueta
    06 Jan 2019 às 14:48

    os brasileiros nestas corridas estão iguais a seleção brasileira na copa, só perde...

Sitevip Internet