Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Metade das viaturas da Segurança Pública é retirada de circulação por falta de pagamento em MT

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

14 Jan 2019 - 15:05

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Metade das viaturas da Segurança Pública é retirada de circulação por falta de pagamento em MT
O policiamento em Mato Grosso vem sendo realizado, desde a semana passada, com apenas metade da frota, por conta de falta de pagamento a empresa que aluga as viaturas para o Estado. A dívida, de acordo com o Governo, é de mais de R$ 13,5 milhões e a secretaria de Segurança Pública está trabalhando para conseguir resolver o problema.

Leia também
Servidores alertam que extinção da MTI pode expor dados sigilosos do Estado


A informação foi confirmada pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, que explicou que o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante está se reunindo com todos os fornecedores para encontrar uma solução para que os veículos não sejam recolhidos.

“Nós tivemos quase 50% das viaturas da polícia retidas por falta de pagamento. O secretário Bustamante está chamando todos os fornecedores, pedindo voto de confiança e acredito que esta semana boa parte destas viaturas voltem a circular em Mato Grosso. Não podemos esperar. Esta situação tem que ser resolvida hoje”, disse.

De acordo com o governador Mauro Mendes (DEM) o pagamento não foi feito por falta de dinheiro em caixa, mesma justificativa usada para o escalonamento do salário dos servidores públicos referente ao mês de dezembro, que está com a previsão de ser quitado somente no dia 30 de janeiro. 

Desde que assumiu o Governo, no dia 1° de janeiro, Mendes tem exposto a situação financeira caótica do Estado com dívida com vários fronecedores e com uma arrecadação inferior aos gastos.

Na última sexta-feira (11), o governador emitiu um comunicado aos fornecedores explicando que assumiu o Estado com R$ 3,9 bilhões de resto a pagar e pediu a paciencia a todos os setores.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública possui uma frota de aproximadamente dois mil veículos, sendo 1.088 locados e cerca de mil próprios e acautelados. 

 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Chico Bento
    15 Jan 2019 às 09:14

    Será que renovaram os contratos? Por que é natural que todo governo só pode firmar certos contratos até o final do seu mandato.

  • Alice
    14 Jan 2019 às 21:13

    pesquisa do gugol. Peruca boa barata. Pesquisar

  • RUBENS TADEU REYNAUD
    14 Jan 2019 às 16:11

    E o fim da rosca. Agora que avisaram os bandidos va feder borracha queimada.

  • Fulano
    14 Jan 2019 às 15:51

    Vixi. A pm arrecada tanto com multas de trânsito, se pudesse usar esse dinheiro diretamente na segurança seria bom. Pena que é usado pra mordomia de alguns marajas.

  • Juracy Ady
    14 Jan 2019 às 15:38

    Herança do governo Taques. Xau, querido.

Sitevip Internet