Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias / Cidades

Jovem de 21 anos foi morto a facadas durante discussão com quatro homens

Da Redação - Thaís Fávaro

26 Fev 2019 - 14:31

Foto: Divulgação

Jovem de 21 anos foi morto a facadas durante discussão com quatro homens
O jovem Gabriel Rodrigues, de 21 anos, encontrado morto na manhã desta terça-feira (26), no Distrito de Deciolândia, em Diamantino (183 Km de Cuiabá), foi assassinado a facadas por pelo menos quatro homens, após uma discussão. Um dos suspeitos do crime foi preso e confessou para a polícia que o grupo tramou o crime e enterrou o corpo da vítima em uma lavoura.
 
Leia mais
Encontrado corpo de jovem de 21 anos que desapareceu após o primeiro dia de trabalho
 
Segundo informações preliminares de familiares, uma testemunha viu quando o suspeito, identificado como Fernando Silveira de Souza, de 34 anos, teria saído da região de mata, às margens de uma rodovia federal, para pedir carona. A polícia foi acionada e prendeu o suspeito.

Fernando teria confessado para os policiais que ele e outros três suspeitos tramaram a morte do jovem após uma discussão. Eles encurralaram o rapaz e o mataram a golpes de faca. Ele indicou aos militares o local onde o corpo da vítima foi enterrado.
 
Gabriel estava desaparecido desde o último sábado (23), após jantar com colegas de trabalho, na propriedade rural onde estava prestando serviço. Ele dormiria no alojamento da fazenda para continuar o trabalho no domingo (24). Gabriel foi visto pela última vez conversando com o suspeito Fernando do lado de fora do alojamento.

No domingo os funcionários que fariam o embarque dos produtos, sentiram falta do jovem e ao procurar por Gabriel pela fazenda, perceberam que o rapaz tinha desaparecido. Na propriedade não há sinal telefônico, apenas rede de internet. Gabriel tinha um celular fornecido pela empresa, mas não faz contato desde domingo.

Desde o anúncio do seu desaparecimento, familiares e amigos buscaram desesperadamente por notícias que levassem ao paradeiro do jovem. A mãe do jovem contou ao Olhar Direto que o filho nunca saiu sem dar notícias, que era muito próximo da família e nunca deu indícios de estar envolvido com nada ilícito. Gabriel estava muito feliz e empolgado com o novo serviço.

No Facebook, diversos amigos do jovem e da família estão postando homenagens de despedida e lamentando a morte precoce do rapaz. Segundo a família, essa era a primeira vez que Gabriel estava trabalhando no local e dormiria no alojamento para continuar o trabalho no domingo (24). A vítima foi vista pela última vez em companhia de um homem conhecido como “Fernando Lagoa”. Ele também teria sido preso.
 
Fernando está preso na delegacia de Tangará da Serra. Os policiais realizam buscas para tentar localizar os outros três suspeitos de envolvimento no assassinato.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Observador
    26 Fev 2019 às 20:00

    É oque eu digo, mais atenção aos prestadores de serviço no campo, jogam os meninos em fazendas sem da o minimo de instrução possível!!!!! Nada justifica tirar a vida do proximo ja presencie muita confusão em fazenda com tercerizado por ciúmes de mulher, um simples cigarro e por ai vai..! Lamentável, esperamos pena dignas!

  • observo
    26 Fev 2019 às 16:43

    Ainda nao entendi essa historia...mas matou pq? nao era o primeiro dia de trabalho do rapaz?

  • Rose
    26 Fev 2019 às 16:26

    Um bando de covardes, 3 contra 1, Que a justiça da terra e do céu seja feita.

  • Jango
    26 Fev 2019 às 15:56

    Discussão ?

  • Maria
    26 Fev 2019 às 15:22

    Que absurdo!! Esses cidadãos arrebentaram uma família. Tudo por causa de um mero desenvolvimento! Que a justiça seja feita e esses covardes paguem pelo que fizeram a este rapaz e sua família.

Sitevip Internet