Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Notícias / Cidades

Mulher fica ferida após ser atacada por Pit Bull e sobe em árvore para se salvar

Da Redação - Thaís Fávaro

15 Mai 2019 - 15:30

Foto: Heverton Luiz

Mulher fica ferida após ser atacada por Pit Bull e sobe em árvore para se salvar
Uma mulher de 39 anos, que não teve o nome divulgado, foi atacada por um cão da raça Pit Bull, na tarde de terça-feira (14), no Centro de Sorriso (420 Km de Cuiabá). A vítima estava caminhando pela rua quando foi atacada. Ela sofreu ferimentos nos braços e pernas e precisou subir em uma árvore para escapar do animal.

Leia mais
Criança atacada por pit bull quando brincava no quintal de casa é submetida a cirurgia
 
De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais foram informados sobre um ataque de um cão a uma mulher que passava pela rua Teles Pires. Os militares seguiram até o endereço indicado onde uma equipe do Corpo de Bombeiros já estava prestando os primeiros socorros a vítima, que apresentava diversos ferimentos nos braços e nas pernas. A vítima subiu em uma árvore na tentativa de escapar das mordidas do cão.



Ainda de acordo com a Polícia Militar, os vizinhos relataram que essa não é a primeira vez que o animal escapa e que os donos da casa deixam um portão aberto por onde o animal pode sair. Após o ataque o animal voltou para o quintal da residência e os policiais fecharam o portão.

Enquanto os policiais registravam a ocorrência o proprietário do animal compareceu à delegacia para se responsabilizar pelo cão. A vítima foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para receber os devidos atendimentos médicos.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Xandra
    16 Mai 2019 às 04:06

    Revoltadinhas essas duas estudiosas quanto a raça. Vocês devem ser piores.

  • João Vicente Moreira Pere
    15 Mai 2019 às 17:52

    Até quando estes animais assassinos irão fazer vítimas e seus donos acharem tudo normal e a justiça nada faz para impedir o aumento desta raça de cachorro maldita.

  • ANDRE GUILHERME PORTOCARRERO
    15 Mai 2019 às 17:44

    4 - Minha monografia de conclusão do curso de jornalismo abordou este tema. Eu digo e redigo: PITBULL NÃO É ANIMAL DE ESTIMAÇÃO! O PIOR PITBULL QUE EXISTE É O MANSO! PROTEJAM SUAS FAMILIAS - FIQUEM LONGE DE ONDE ESTE ANIMAL ESTIVER. SE UM VIZINHO POSSUIR UM, CUIDADO E CHAME AS AUTORIDADES NO MÍNIMO DESCUIDO! FIQUEM SALVOS!

  • ANDRE GUILHERME PORTOCARRERO
    15 Mai 2019 às 17:44

    3 - É isto o que ele é! Eu digo que o pior PITBULL que existe é o manso, porque quando ele faz o que abriga em sua natureza, algo muito severo relacionado a ferimentos, mutilações e não eventualmente morte vai surgir de resultado. Este site é uma das minhas fontes de pesquisa conforme as reiteradas reportagens de ataques, mutilações e até mortes registradas em nossa cidade.

  • ANDRE GUILHERME PORTOCARRERO
    15 Mai 2019 às 17:43

    2 - Este é como outro qualquer cão que vemos por aí, tem o mesmo ancestral de um pinscher. A variedade de tipos mostra o quanto o homem, através das cruzas, fez e faz no que diz respeito ao surgimento da mais variadas raças. Cada uma ou grupos de raças e tipos pode se dizer que se enquadram numa função: companhia, guarda, caça...e VIOLÊNCIA. O PITBULL foi desenvolvido por cruzas de animais onde o que conta é a violência. Ele não pára!! Vai até o fim todas as vezes se se não for contido.

  • ANDRE GUILHERME PORTOCARRERO
    15 Mai 2019 às 17:43

    1 - Estudo este animal desde 1998, em situações de ataques no Brasil e nos Estados Unidos - dogsbite.org . A conversa, o mito da criação, cai por terra toda as vezes que este animal se apresenta com o comportamento esperado e para o qual sua “raça” foi aprimorada por mais de século de cruzamentos nos quais o que importava era apenas a VIOLÊNCIA E ATACAR. Outro mito relacionado é o de “cão de laboratório”.

Sitevip Internet