Olhar Direto

Notícias / Cidades

Motociclista bate na traseira de carro e fecha avenida da FEB em local que GM morreu; fotos

Da Redação - Wesley Santiago

17 Mai 2019 - 08:44

Foto: Rogério Duroure

Motociclista bate na traseira de carro e fecha avenida da FEB em local que GM morreu;  fotos
Uma motociclista, que não teve o nome divulgado até o momento, ficou ferida após colidir na traseira de um carro de passeio, na avenida da FEB, em Várzea Grande. O fato foi registrado na manhã desta sexta-feira (17). Por conta disto, o trânsito ficou completamente fechado e precisou ser desviado. O local é o mesmo onde o Guarda Municipal Marcel Silveira, de 34 anos, morreu após ser arremessado contra outro veículo.

Leia mais:
Guarda Municipal morre ao ser arremessado contra veículo na Avenida da FEB

Segundo as informações da Guarda Municipal, que atendeu a ocorrência, um carro de passeio seguia no sentido Várzea Grande-Cuiabá, quando parou na faixa de pedestre, em frente a Havan, para que uma pessoa atravessasse a avenida.
 
Porém, a motociclista – que vinha atrás – não conseguiu frear a tempo e colidiu na traseira do carro. A mulher reclama de bastante dor na região da cabeça. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para prestar os primeiros socorros. A Polícia Civil também segue para o local.
 
O local é o mesmo em que o Guarda Municipal Marcel Silveira após ser arremessado contra um carro HR-V, na última segunda-feira (13).
 
A vítima estava em uma motocicleta, atrás de um HR-V, nas proximidades da faixa de pedestres. Um carro Celta colidiu na Biz e o homem foi arremessado contra o veículo da frente. O motorista, de 19 anos, não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que não apontou ingestão de bebida alcóolica.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jana
    18 Mai 2019 às 08:07

    Essa faixa é necessária. Acho que 2 redutores de velocidade ajudaria muito. Uma avenida cheia de empresas, com um "poço" no canteiro central. O pedestre não tem como atravessar pois os motoristas não respeitam os 60km que é o limite da avenida. A minha funcionária chega às 6:00h para trabalhar pois depois das 6:15 começa uma luta pra atravessar a ali. A atenção no trânsito não é segredo pra ninguém.

  • araponga
    17 Mai 2019 às 14:24

    Essa é av. de transito rapido não tem logica essa faixa ai, deveriam construir uma passarela ai, porque não fazem isso querem ver mais pessoas terem a vida seifada ???? ainda mais que a noite o local e escuro.

  • Gilson
    17 Mai 2019 às 12:31

    Cidão me responde com uma sinceridade voce e motorista voce nao fala ao celular quando esta dirigindo voce da seta voce e um ser humano que nao comete erro menos ne meu jovem que julgar quem anda de moto. O transito em Cuiabá e varzea grande e pessimo alias os motorista (a) .

  • Edilaine
    17 Mai 2019 às 10:42

    Nossa pra que essa faixa ai,vai causar ainda mais acidente...será q não seria melhor um semáforo,q triste??

  • Cindy Loper
    17 Mai 2019 às 10:27

    Isso pra voces, verem..o quanto a Motociclista estava atenta..e foi super cuidadosa... agora virou vitima...essa bagaça..

  • Mulher ma
    17 Mai 2019 às 09:16

    Fizeram essa bagaca de esqueleto do vlt Agora fica ai Causando acidente e morte Cade a justica pra responsabilizar o silval ea quadrilha que causou esse elefante branco causador de acidentes? E esse governo nao vai criar vergonha na cara e restaurar avenida o que era antes? O povo nao quer saber de vlt. Queremos providencias Ou vao bater recordes de mortes pra entra no guinness como obra mal acabada causadora de mortes por acidentes!! Estao querendo isso?

  • cidão
    17 Mai 2019 às 09:15

    Também não é por menos né? Até cachorro se chegar com dinheiro amarrado na coleira os revendedores amarram a moto no cachorros e mandam ele pras ruas.Não tem controle nenhum com esses motoqueiros. Eles fazem o que querem na cidade. Dirigem na contra mão, fazem fila tripla ao lado dos carros, fazem conversão sem dar sinal, e quando caem viram vítimas. Deveria haver leis mais severas e punição mais severas para os motoqueiros.

Sitevip Internet