Olhar Direto

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Selma diz que minirreforma tributária de Mendes “desrespeita o cidadão” e afugenta investidores

Da Redação - Érika Oliveira

13 Jul 2019 - 08:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Selma diz que minirreforma tributária de Mendes “desrespeita o cidadão” e afugenta investidores
Dona de uma das principais vozes de Mato Grosso junto ao Governo Federal, a senadora Selma Arruda (PSL) aproveitou agenda em Cuiabá, nesta sexta-feira (12), para se manifestar contrária à minirreforma tributária proposta pelo governador Mauro Mendes (DEM) que tramita na Assembleia Legislativa. Para a parlamentar, a aprovação do texto implicará na fuga de investidores do Estado e trará prejuízos ao bolso do cidadão.

Leia mais:
Líder do Governo defende redução do ICMS da carne: não queremos que suba o preço

“Fiz até uma manifestação lá no Congresso. Acho que é um desrespeito ao cidadão, é um desistimulo ao nosso Estado. No momento em que estamos em crise não é hora de criar impostos e sim de diminuir gastos. Precisamos fazer uma reforma administrativa urgente e não castigar as pessoas. E o pior, espantar quem poderia estar vindo”, disparou a senadora.

A minirreforma tributária elaborada pelo Governo do Estado foi acoplada ao projeto de revalidação dos incentivos fiscais enviado à Assembleia Legislativa. O texto não cria novos tributos, mas modifica as aliquotas de contribuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para alguns setores.

A matéria precisa ser aprovada até o dia 31 de julho, sob pena de Mato Grosso perder mais de 70 incentivos fiscais junto ao Confaz. A complexidade do projeto, por conta da minirreforma tributária embutida, provocou diferentes reações no Legislativo que setorizou comissões para analisar os impactos da proposta setor por setor. A expectativa é de que até a próxima semana um substitutivo integral ao texto de Mendes seja apresentado.

Se aprovadas, as novas regras estipuladas pelo governador Mauro Mendes só passarão a valer a partir do próximo ano.
 

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eduardo
    14 Jul 2019 às 01:57

    Anote o valor do medicamento que vc toma hj. Em janeiro vc vai entender quem está pagando o preço dessa loucura!

  • Cidadão
    13 Jul 2019 às 19:34

    "Dom Quixote de La Mancha" não viaja não filho, mais de 50% desses patrões que vc está falando ai (isso no Brasil e em MT) são médio e pequenos empreendedores, pessoas comuns como eu e vc e qualquer outra pessoa, que enfrentam a puta burocracia do nosso país pra poder empreender. São essas pequenas empresas, de cidadãos comuns que geram riqueza, emprego, desenvolvimento, comercio, infraestrutura, vida pra nossas cidades, Estados e país. Taxar cada vez mais eles é só aumentar o fosso de pessoas desempregadas e nos transformar cada vez mais dependentes de Governo Federal ou forças externas para sobreviver. Óbvio que aumentar imposto pro cidadão é uma grande burrice, mas não podemos tampar o sol com a peneira e sim ver as coisas como um só. Os dois lados precisam de menos impostos pra todos realmente VIVEREM

  • Ângelo
    13 Jul 2019 às 15:33

    Mas essatiazinha não teve o mandato cassado? Quer opinar o que?

  • Dom Quixote de La Mancha
    13 Jul 2019 às 14:46

    Quando é para aumentar impostos dos trabalhadores ela é a favor, quando é para os patrões é contra. Vão vendo eleitores. .

  • LUIS
    13 Jul 2019 às 14:40

    Se a Selminha Caixa 2 tá contra, é por que será bom para o povo mato-grossense. Disse "povo" e não empresariado ganancioso que vive ás custas dos incentivos.

  • Gustavo
    13 Jul 2019 às 11:15

    Parabéns Senadora! Sensata como sempre! Não adianta atrapalhar quem produz e gera empregos

  • Prof. Sérgio Cintra
    13 Jul 2019 às 10:20

    Cala boca Magda!

  • Elias
    13 Jul 2019 às 08:57

    Papagaio de pirata do agro...

Sitevip Internet