Olhar Direto

Quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias / Cidades

Mutirão atende cerca de 300 pessoas em situação de rua na capital; veja fotos e vídeo

Da Redação - Thaís Fávaro

26 Jul 2019 - 17:45

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mutirão atende cerca de 300 pessoas em situação de rua na capital; veja fotos e vídeo
Tendo em vista a queda na temperatura, a Prefeitura de Cuiabá realizou nesta sexta-feira (26),  o  2º Mutirão Pop na Rua, com objetivo acolher a população em situação de rua. O evento foi realizado no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), bairro Centro e contou com diversos serviços de cidadania e qualificação.  A atividade é mais uma das ações desenvolvidas pelo Executivo.

Outra frente de trabalho que vem sendo desenvolvida nas últimas semanas, conta com a coordenação da primeira-dama de Cuiabá, Marcia Pinheiro. Ela idealizou o projeto Aquece Cuiabá que garantiu a entrega de mais de vinte mil cobertores à população carente, em uma ação construída a partir de parceiros. 

Leia mais
Idoso de 64 anos é atacado por cachorro de grande porte solto na rua
 
A secretária adjunta de Assistência Social, Helen Ferreira, explicou que as equipes fazem buscas para abarcar o maior número de pessoas com os atendimentos. “Estamos atendendo o público dos albergues Manoel Miráglia, o do Porto e o albergue da Guia e o micro-ônibus está passando nos pontos de maior concentração dessa população e o pessoal do Fórum de População de Rua que também é parceiro, está indo junto com a nossa equipe de abordagem e convidam eles para participarem conosco”, contou ao Olhar Direto.



O cabeleireiro Antonio Carlos Caetano, 39 anos, participou do evento em busca de uma vaga em um dos albergues municipais e relata a dificuldade que tem enfrentado. “Como eu sou cabeleireiro eu trabalho até as 20h eu não consigo vaga no albergue. Meu patrão tinha arranjado um quarto para mim durante 15 dias, mas o pagamento já venceu e eu estou morando na rua. Já falei para o pessoal aqui que se precisar eu pego um papel escrito por ele com o horário que saio do serviço, tudo certinho”, afirma.  


“Helen afirma que ainda é possível encontrar vagas nos albergues da capital e que caso o morador em situação de rua demonstre interesse em ir para algum desses locais, ele pode solicitar durante o evento que a secretaria analisa o perfil e verifica a situação de cada um, aquele que necessitar de acolhimento já poderá sair do mutirão em um micro-ônibus direto para o seu novo lar”, afirma.

Antônio Aparecido Miltro, 74 anos, está em Cuiabá há 19 anos e mora no albergue do porto, ele conta que trabalhou como mecânico industrial de empilhadeira a gás em uma fábrica de papel moeda, na cidade de Salto, em São Paulo, até se apaixonar por uma moça chamada Maria Elizete de Moraes, que morava em um convento. Ele conta que sua família ficou furiosa com ele e que por esse motivo acabou sendo expulso de casa. “Me considero cuiabano de chapa e cruz, já tive muito dinheiro, mas fui ajudando as pessoas e acabei ficando sem nada, muita gente critica, não entende porque eu não guardei nada para o meu futuro. As pessoas falam que eu fiquei sem nada, mas eu fiquei com uma coisa que muitas pessoas desejam e poucas conseguem que é paz com Deus”, diz.

“Ajudar essas pessoas a se reerguerem é uma prioridade da gestão Emanuel Pinheiro. Para muitos, um corte de cabelo ou até mesmo um prato de comida podem parecer atitudes comuns, mas para essas pessoas que vivem nas ruas, são essenciais. É por isso que realizamos com frequência eventos de grande abrangência popular”, finalizou a secretária Hellen.



Dentre os serviços ofertados estão: Solicitação e expedição de documentos pessoais: certidão de nascimento, RG, CTPS e cartão SUS; Solicitação de benefícios previdenciários e assistenciais; atendimento médico, odontológico e exames de acuidade visual; corte de cabelo, cabide e banho solidário; inscrições para os cursos de qualificação profissional – Qualifica Cuiabá 300 anos.



Estiveram presentes no Mutirão, servidores das secretarias municipais de Saúde, Mobilidade Urbana e de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Fórum da População de Rua, Defensorias Públicas da União e do Estado, Ouvidoria Geral da Polícia, Politec, Galvan Escola de Cabeleireiros, Banho Solidário Cuiabá, Mutirão Pop na Rua e empresas parceiras ótica Pague Menos, Serviço Social do Comércio (Sesc) e Mutirão Pop na Rua.  
 
Entrega de cobertores "Aquece Cuiabá"

Na última semana, quase 2 mil cobertores foram entregues às comunidades do Jardim Vitória, Assentamento Colina verde, Manduri, Tijucal, Getúlio Vargas, Jardim Presidente 1, Novo Millennium, Três Lagoas, Itamary e entre outros.

A campanha Aquece Cuiabá não utiliza nenhum recurso público para a aquisição de cobertores e as doações nessa edição proporcionaram arrecadação de 22 mil cobertores, consolidando a ação como a maior campanha de inverno de todo o Centro-Oeste.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Janete Marcelino
    26 Jul 2019 às 21:06

    Chama imprensa e tiram selfie. Demagogia explorando os vulneráveis.