Olhar Direto

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Mauro revela estimativa de arrecadação de R$ 500 mi com projeto alterado

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

18 Ago 2019 - 17:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mauro revela estimativa de arrecadação de R$ 500 mi com projeto alterado
As modificações feitas pelos deputados estaduais no projeto original da minirreforma fiscal, sancionada pelo governador Mauro Mendes (DEM), devem fazer o Governo do Estado arrecadar algo bem inferior aos R$ 1 bilhão projetado tanto pelo Executivo, quanto pela Assembleia Legislativa.

Leia também:
Com projeto aprovado, Botelho prevê arrecadação de até R$ 1 bi e condições para pagar RGA


Servidores públicos que se reuniram com o Mauro Mendes no Palácio Paiaguas no último dia 15,  disseram, por meio de nota divulgada pelo Fórum Sindical, que o próprio governador revelou uma estimativa de arrecadação de apenas R$ 500 milhões de incremento à receita em 2020, com a reforma fiscal aprovada.

O presidente da Assembelia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM) chegou a projetar uma arrecadação entre R$ 700 milhões à R$ 1 bilhão no dia que a minirreforma foi aprovada, no final do mês passado.

A previsão de uma queda grande na arrecadação já era cogitada pelo secretário de Fazenda Rogério Gallo, que até a semana passada ainda não tinha chegado a um número.

“Ainda não temos um número. Estamos concluindo um levantamento, mas houve perda. Se tinha lá uma previsão de cobrar um ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de 7% sob a carne e passou a ser 2%, obviamente, isso representou uma perda na expectativa de arrecadação. Então, de fato é bem menor que a estimativa inicial”, disse.

A estimativa de R$ 500 milhões, segundo o Fórum Sindical, foi apresentada por Mauro Mendes durante uma bate papo sobre a programação do Governo em cumprir com as solicitações da categoria, como o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), o pagamento dos salários em dia em parcela única até o dia 10 de cada mês, assim como o pagamento do 13° salário até o dia 20 de dezembro.

Ainda conforme os servidores, o governador garantiu que com a arrecadação oriunda da minirreforma em conjunto com o recurso vindo do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), além da concretização do empréstimo com o Banco Mundial, ainda este mês, será possível cumprir com todas as solicitações da classe.
 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Junio
    18 Ago 2019 às 22:19

    Kd o mutirão fiscal Sr governador

Sitevip Internet