Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

​Cuiabá tem diversas ocorrências de incêndio e bombeiros precisam ‘escolher’ quais atender

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Ago 2019 - 17:51

Foto: Reprodução

​Cuiabá tem diversas ocorrências de incêndio e bombeiros precisam ‘escolher’ quais atender
Catorze pequenos incêndios aconteceram em Cuiabá e Várzea Grande somente neste domingo, e o Corpo de Bombeiros teve, até mesmo, que escolher quais iria atender, selecionando prioridades. Um deles foi em uma casa na Avenida São Sebastião, no bairro Popular.



Leia também:
Probabilidade de chuva é nula até o próximo sábado e raios UV atingem nível ‘muito alto’ em Cuiabá 

“Tem várias ocorrências de incêndio acontecendo agora são vários chamados. Infelizmente é preciso escolher as prioridades”, afirmou a assessorial do Corpo de Bombeiros. Por volta das 11h30 da manhã, uma Kombi pegou fogo em uma garagem e, no momento do chamado, falou-se no risco da casa toda incendiar. Um terreno também pegou fogo no Distrito Industrial, e outro na Avenida do Chile, em Várzea Grande. 

O número de incêndios no estado cresce cada vez mais nesta última semana. Somente em Chapada dos Guimarães (a 67 km de Cuiabá), desde o dia 9 de agosto, parte do Parque Nacional está em chamas, com destruição de cerca de 5 mil campos de futebol. O estrago total na região de Chapada é de 9,5 mil hectares.

Já em Cuiabá, dois incêndios foram reportados pelo Corpo de Bombeiros. Desde sexta-feira (16) à noite, uma região da Avenida Miguel Sutil, próximo ao Parque Mãe Bonifácia ficou em chamas. Já na Rodovia dos Imigrantes, ocorrência de um incêndio na vegetação durou de sexta-feira até sábado.
 
De acordo com o Inmet, o último registro de chuva em Cuiabá foi feito no dia 14 de maio de 2019. As chuvas de maio superaram a média esperada para o mês, com uma tempestade com rajadas de vento que chegaram a 74 km/h
 
A umidade do ar no estado de Mato Grosso pode chegar a 12% , com máxima de 20%, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que também emitiu alerta para o estado. O Centro de Pesquisas de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), ligado ao  Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), também emitiu alerta para os 141 municípios. A baixa umidade do ar provoca condições propícias para incêndios se alastrarem rapidamente.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • AVANÇA LOGO MT
    19 Ago 2019 às 08:36

    O PROPRIO SER HUMANO SE AUTODESTRÓÍ E PREJUDICA OS OUTROS TAMBÉM

Sitevip Internet