Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

Colisão envolvendo Uno e carretas mata motorista na BR-364, próximo ao Trevo do Lagarto

Da Redação - Arthur Santos da Silva

25 Ago 2019 - 10:30

Foto: Reprodução

Colisão envolvendo Uno e carretas mata motorista na BR-364, próximo ao Trevo do Lagarto
Motorista de um automóvel modelo Fiat Uno identificado como V.P.L., 26, morreu neste domingo (25) em colisão frontal registrada em Várzea Grande que envolveu mais duas carretas. A pista está interditada.
 
Leia também 
PM vítima de acidente entre carretas na BR-364 não resiste a ferimentos e morre


A Rota do Oeste, concessionária responsável pelo trecho, foi acionada às 8h45 para atendimento de uma ocorrência no km 439 da BR-364, entre Jangada e o Trevo do Lagarto, envolvendo um veículo de passeio e dois de carga.
 
A equipe de resgate esteve no local e confirmou a morte do motorista do automóvel. Os motoristas das carretas saíram ilesos e assinaram termo de recusa de atendimento médico.
 
Os veículos envolvidos são um Fiat Uno prata, placa Brasil (modelo novo); uma carreta Scânia azul, placa de Diamantino, que tombou na pista, carregada com bovinos; e uma carreta Iveco branca,  placa de Balneário Piçarras (SC).

Conforme os primeiros levantamentos da Polícia Rodoviária Federal, o Uno seguia sentido VG-Jangada, ultrapassando pelo acostamento um caminhão baú. Ao voltar à pista, perdeu o controle de direção, invadindo o sentido contrário e colidindo com o caminhão boiadeiro que vinha de Jangada-VG. Em seguida, houve colisão no caminhão  baú. O veículo boiadeiro saiu de pista e tombou.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jorge1
    25 Ago 2019 às 17:57

    Em Mato Grosso, o mês de agosto é o mês da fumaça, do cachorro louco e dos acidentes de trânsito. Um dia isso tem que acabar. É muito raro, acontecimentos com cães raivosos. Porém, a falta de conscientização tanto na cidade quanto no campo, sobre a queima de mata é muito grande. Toda essa fumaça em nossa capital é de queimada urbana. Sobre o trânsito, na cidade ocorre a irresponsabilidade de muitos condutores, que acham de ter apenas direitos. Nas rodovias, além da imprudência ocorre também a questão das pistas estreitas e sem acostamento. Onde há concessionárias de pedágio, ao que parece foi dado um prazo para a duplicação das rodovias, porém de certa forma há um certo "esquecimento". Neste caso, onde está o Ministério Público para fazer a cobrança, para fiscalizar.

Sitevip Internet