Olhar Direto

Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

Notícias / Variedades

Conheça o poker, o esporte que conquistou o Centro-Oeste

Da Assessoria

28 Ago 2019 - 10:15

Foto: Reprodução

Cenas como essa, com o salão lotado de jogadores, tornaram-se algo normal em grandes torneios brasileiros

Cenas como essa, com o salão lotado de jogadores, tornaram-se algo normal em grandes torneios brasileiros

Se hoje o poker é um dos esportes mais notáveis do país, muito disso se deve à democracia geográfica que a modalidade proporciona. Independente do Estado ou da cidade, qualquer um pode disputar partidas online e até mesmo se tornar um profissional. Para tal, só é preciso uma boa internet e, claro, altas doses de dedicação e estudo.

Dados da Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH) apontam que atualmente são aproximadamente 10 milhões de jogadores de poker no país, número que cresce mais de 10% ao ano.

O Centro-Oeste, com os seus mais de 16 milhões habitantes, já construiu uma bela história no poker nacional com praticantes de diversas idades. Além disso, a região conta com diversos jogadores que são considerados alguns dos melhores do país.

No entanto, a modalidade demorou um pouco para se popularizar para valer na região. Se hoje as regras do poker são acessíveis para qualquer pessoa que tenha acesso à internet, nos velhos tempos o cenário era bem diferente e o poker não era tão praticado nos Estados que compõem o Centro-Oeste.

A virada da última década foi um ponto de início marcante para a maioria dos Estados da região. Começaram a aparecer grandes competidores, como é o caso do goiano João Bauer e do cuiabano Henrique Logrado, além da criação de federações estaduais focadas em fomentar esse esporte da mente.

O atual campeão do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (conhecido como CBPE) é o Estado de Goiás, enquanto o sul-mato-grossense Saulo Sabioni venceu o título do Campeonato Brasileiro do ano passado com pontuação recorde.

Mesmo com tanto sucesso já conquistado, uma série de fatores ainda faz com que o poker seja muito atraente para os moradores do Centro-Oeste e para todo o resto do país.

 “Saulo Sabioni é do Centro-Oeste e está consolidado como um dos melhores do país”


Diversos deles poderiam ser mencionados, mas o principal fator que atrai novos competidores para o esporte das cartas é o desafio. Poucas modalidades são tão desafiantes quanto o poker e não é por acaso que ele conta com o famoso ditado: “É um jogo que leva um minuto para aprender, mas uma vida para dominar.”

Essa frase capta muito bem a essência do poker. Aprender suas regras não é uma tarefa difícil, muito pelo contrário, visto que a modalidade é bastante prática e conta com detalhes fáceis de serem compreendidos. Além disso, há centenas de artigos e vídeos em português que explicam sobre as nuances do Texas Hold’em, que é a variante mais conhecida do poker.

Já para dominar esse esporte, é necessário muita dedicação e empenho na hora de estudar. O profissional Ivan Martins, um dos brasileiros mais conceituados no poker online, afirma que geralmente os jogadores profissionais jogam entre 8 a 10 horas por dia.

Portanto, a beleza do poker passa estritamente por tudo isso. Qualquer um pode se tornar um jogador recreativo e se divertir por horas disputando partidas com amigos ou torneios online. No entanto, até mesmo para os mais profissionais e experientes, é necessário passar horas treinando para não cair de nível.

O profissional Daniel Negreanu, canadense considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos, é autor da seguinte frase: “No momento em que você acha que não há nada mais para aprender, você rapidamente desce de nível e outros começam a te ultrapassar.”

Além da praticidade em aprender as regras e dos desafios naturais que o jogo impõe, outro fator que torna o poker tão agradável para as pessoas que o praticam é o seu lado social.

Tanto em torneios recreativos quanto em profissionais o poker normalmente é disputado sobre a já mencionada modalidade Texas Hold’em. Em sua formação mais padrão e conhecida no mundo todo, oito jogadores compõem a mesa.

Por ser um jogo em que a ação acontece em turnos, o poker permite que os jogadores conversem um com o outro e se socializem com certa frequência. De maneira agradável e respeitosa, isso acontece até mesmo em torneios profissionais.

O Texas Hold’em é viável para até mesmo apenas dois jogadores na mesa, apesar de não ser a formação mais recomendada para o jogo. Ou seja, nem é preciso juntar muitas pessoas no mesmo espaço ou em uma sala virtual para dar início à ação.

A cereja no bolo de tudo isso é que o poker está longe de ser enjoativo e vai muito além do Texas Hold’em. Inclusive, são mais de 10 variantes populares e disponíveis em diversos sites online.

Em torneios oficiais, o Omaha é a segunda variante mais praticada. Conhecida por conter mais variação do que o Texas Hold’em, ela é recomendada para jogadores mais experientes e que lidam melhor com os altos e baixos da modalidade.

Também há algumas clássicas, como é o caso do Five Card Draw e Stud. Outras como Razz, HORSE, 8-Game Mix e Courchevel são conhecidas entre os jogadores mais veteranos. Todas as variantes são muito distintas uma da outra e cada uma delas permite experimentar jogar poker de uma forma diferente e inusitada.

Essa gama enorme de modalidades disponíveis no poker só vem crescendo ao passar dos anos, visto que a internet ajuda a fazer com que o jogo sempre esteja repleto de novidades interessantes.

O poker veio para ficar no Brasil e não há nenhuma dúvida sobre isso. Se hoje o Centro-Oeste conta com o atual campeão brasileiro no ranking individual e com o campeão entre seleções estaduais, o cenário tende a ficar ainda melhor para o futuro.
Ainda mais quando se leva em conta as várias confrarias especializadas na modalidade que estão sendo abertas e o interesse cada vez maior da população em relação a esse esporte.
Sitevip Internet