Olhar Direto

Quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Cobra com mais de dois metros é vista no Parque Mãe Bonifácia; veja vídeo

Da Redação - Thaís Fávaro

15 Out 2019 - 14:00

Foto: Reprodução

Cobra com mais de dois metros é vista no Parque Mãe Bonifácia; veja vídeo
Uma jiboia de aproximadamente dois metros foi vista na manhã desta terça-feira (15), no Parque Estadual Mãe Bonifácia, em Cuiabá. A serpente surpreendeu visitantes em uma dar trilhas de caminhada do parque. Um vídeo mostra o momento em que a cobra atravessa a pista.

Leia mais
Sucuri de quase cinco metros é capturada pelo Corpo de Bombeiros próximo a escola de Cuiabá
 
Essa não é a primeira vez que um animal desse porte é visto no parque. A Secretária de Meio Ambiente (Sema), ressalta que por se tratar de uma Unidade de Conservação de proteção integral é comum que animais silvestres sejam avistados.

O Corpo de Bombeiros disse que não recebeu nenhum chamado para a captura do animal. Um vídeo gravado por um dos frequentadores do parque foi divulgado nas redes sociais nessa manhã. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

📍Parque Mãe Bonifácia / Cuiabá - MT 🐍🍀 📸 @tavinhopedroso 🌎Use #Matogrosso_brasil e compartilhe seus registros pelo estado.

Uma publicação compartilhada por Mato Grosso 🇧🇷 (@matogrosso_brasil) em


 
A Sema ainda informou que “estamos um período em que, por exemplo, é comum que as pessoas vejam iguanas cruzando a pista de caminhada. Elas ficam ali para se aquecer, pois estão em período reprodutivo. Portanto, a Sema orienta que ao avistar um animal na pista, a pessoa mude a rota e não perturbe o animal”.

Caso alguma pessoa encontre um animal que possa apresentar qualquer tipo de risco, como cobras, a orientação é se afastar e avisar a gerência do parque para que seja feita a remoção para um local menos visível.

*atualizada 

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ValSantos79
    17 Out 2019 às 08:16

    Lugar dela , o povo que ocupou , quando era muleque nos anos 90 , ai era só cerrado .

  • TONHO
    16 Out 2019 às 17:14

    QUEM QUER SER PICADO?

  • Zeca
    16 Out 2019 às 07:36

    Não peçonhenta quer dizer não venenosa. Mas isso não exime desse animal ser perigoso, pois sua picada pode causar um acidente muito grave a qualquer pessoa, principalmente a uma criança. Quanto a quem chegou lá primeiro, foi o homem, pois Cuiabá já fez 300 anos e essa cobra não tem essa idade, dona Greve na educação! Seja mais cautelosa ao se referir às coisas lógicas.

  • Almeida
    16 Out 2019 às 06:39

    Pessoas, se não querem ver a natureza de verdade como ela é (linda) fiquem em seus apartamentos na esteira, simples assim! O parque é lindo e eu respeito muito tudo que tem lá dentro e me sinto na obrigação de preservar e também fiscalizar, estes dias vi uma senhora colhendo um caju, disse a ela que este era um dos poucos alimentos para os animais do parque ela se concientizou e não colheu mais, estou errado?

  • Edinho
    15 Out 2019 às 18:49

    QUERO VER ESTES AMBIENTALISTAS QUANDO UMA DESSAS ENROLAR NO SEU FILHO ?? Parque mal construído , tem que haver passagens subterrâneas e cercas ISSO NÃO PODE SER TRATADO COM NORMALIDADE... eu passo com o carro por cima

  • Edgar
    15 Out 2019 às 18:19

    Bela Flor, se você olhar o texto, na parte final tem um (* atualizada). A princípio, continha o termo "peçonhento". Depois que a reportagem viu a burrada, tratou de consertar o erro.

  • Greve na educação
    15 Out 2019 às 17:55

    Quem chegou primeiro a cobra ou as pessoas.

  • cidão
    15 Out 2019 às 16:26

    Essa cobra sempre está por ali. Eu já a vi enrolada no alto de uma árvore na trilha perto do estacionamento do outro lado,não oda Miguel Sutil.Ela não faz mau algum. Quem não quer ter contato com a fauna e flora não vai no parque. Simples assim. Ali é o lugar dela. É só ter cuidado.

  • Bela Flor
    15 Out 2019 às 15:24

    Que é perigoso isto é fato, mas enfim o unico lugar que aparece o termo animal peçonhento é nos comentários gente, vamos interpretar melhor a informação.

  • MARIA TAQUARA
    15 Out 2019 às 15:15

    Uma Boa constrictor, esse animal é incrível, são lindas