Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Notícias / Cidades

Roubo a empresária termina em tiros durante perseguição na avenida Mato Grosso

Da Redação - Wesley Santiago

07 Nov 2019 - 08:01

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Roubo a empresária termina em tiros durante perseguição na avenida Mato Grosso
Uma perseguição a criminosos pelas ruas de Cuiabá terminou com vários tiros disparados na avenida Mato Grosso, em Cuiabá, na noite da última quarta-feira (06). Policiais da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e outros equipes da Polícia Militar conseguiram prender os bandidos, que foram reconhecidos pelas vítimas.

Leia mais:
Identificados cinco criminosos mortos em troca de tiros com a Rotam na região do Manso
 
Foram presos: Waldir Augusto da Silva Neto, 20 anos e M.F.F., 15. Antes do roubo do veículo, as vítimas teriam ficado em cárcere privado. Uma das vítimas é uma empresária, dona de restaurante em Cuiabá.

 

Conforme o boletim de ocorrências, os criminosos roubaram um carro, no bairro Recanto dos Pássaros e passaram com ele em frente ao Parque Tia Nair, momento em que uma viatura da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Sorp) iniciou o acompanhamento do veículo e acionou apoio.
 
Logo depois, juntaram-se equipes do 1º Batalhão e também da Rotam, que perseguiram os criminosos. Em dado, momento, já próximo da avenida Mato Grosso, um dos bandidos colocou o braço para fora do carro e apontou uma arma de fogo em direção aos policiais, que rapidamente dispararam contra o veículo.
 
Os pneus do carro foram atingidos, fazendo com que o suspeito que estava dirigindo colidisse no meio fio. Mesmo assim, eles ainda tentaram fugir, mas acabaram detidos, com uso de força moderada, por conta da resistência. Todos foram reconhecidos pelas vítimas.
 
Os policiais ainda encontraram um revólver, com duas munições picotadas. Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes. Na delegacia, os suspeitos confessaram que combinaram de sair juntos para praticar roubo, já que estavam precisando de dinheiro.
 
O caso é investigado pela Polícia Civil.

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • gilmar
    07 Nov 2019 às 17:24

    temos que reconheçer ha grande mudança na rotan ten,coronel pc esta de parabens governador e secreterio ja esta na hora de umas medalhas para essa guarniçao da rotan .pelo belo serviço prestado ha nossa sociedade ,

  • jose
    07 Nov 2019 às 16:19

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • jose
    07 Nov 2019 às 16:19

    Pena que não foram parar na geladeira do IML

  • jose
    07 Nov 2019 às 16:19

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • jose
    07 Nov 2019 às 16:19

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • LORENA
    07 Nov 2019 às 13:08

    Estavam precisando de dinheiro?Uai,então vai trabalhar...Aí quando os policiais cancelam o CPF desses indivíduos,tem gente que ainda acham ruim.Parabéns ao trabalho dos policiais.

  • Rodrigo
    07 Nov 2019 às 11:18

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Chico Bento
    07 Nov 2019 às 10:47

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Liz
    07 Nov 2019 às 09:26

    Parabéns aos Policiais envolvidos!!! Quando o bicho pega na rua, são VOCÊS que nos salvam, NÃO é o textão do Facebook, o blá blá blá do revoltadinho com a Polícia, é a POLÍCIA MILITAR que se arrisca !!! TKS

  • Crítico
    07 Nov 2019 às 09:14

    Sabendo que serão liberados na audiência de custódia, confessam e riem da cara da sociedade

Sitevip Internet