Olhar Direto

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

Após vídeo de morte de três onças, Polícia Civil apura se caso ocorreu em MT; assista

Da Redação - Fabiana Mendes

12 Nov 2019 - 16:38

Foto: Reprodução

Após vídeo de morte de três onças, Polícia Civil apura se caso ocorreu em MT;   assista
A Polícia Judiciária Civil apura se o vídeo em que três onças aparecem mortas, em uma caminhonete, foi registrado no município de Cocalinho (a 860 quilômetros de Cuiabá). As imagens começaram a circular nos últimos dias nas redes sociais, inclusive foram compartilhadas pelo Instituto Onça Pintada. Conforme as publicações, a situação teria acontecido nas proximidades do Rio das Mortes. No vídeo, um homem é chamado de matador de onças.

Leia mais:
Comandante-geral expulsa PMs condenados por tentativa de homicídio e tráfico de armas

O delegado responsável pela Delegacia de Cocalinho, Valmon Pereira da Silva, determinou a realização de diligências com o fim de apurar a veracidade do vídeo e se o caso realmente ocorreu no município.

De acordo com a Polícia Civil, até o momento, não houve registro de ocorrência de crime ambiental contra fauna na unidade, porém, as primeiras providências para apuração dos fatos estão sendo tomadas.  

Procurada, a Polícia Militar informou que nenhum comandante da corporação confirmou o atendimento da ocorrência. A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) informou que o caso foi repassado à Delegacia de Meio Ambiente (Dema), mas que também está sendo apurado pela Pasta.

Matar qualquer animal silvestre é crime ambiental, com pena de seis meses a um ano de detenção, conforme artigo 29 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998. A pena é a aumentada pela metade caso o crime tenha sido praticado com emprego de métodos ou instrumentos capazes de provocar destruição em massa.

Conforme o vídeo, as onças são dois filhotes e a mãe. O homem, que supostamente matou os felinos, diz que os animais estavam em uma árvore. Depois de mortas, elas foram colocadas em uma caminhonete ao lado de dois cachorros. 

Assista:


 

29 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eliane Silveira moraes
    20 Nov 2019 às 13:28

    Assassinos desgraçados destruidores da fauna ... Entraram no habitat natural do animal, e executaram : MÃE E DOIS FILHOTES QUE ESTAVAM EM CIMA DA ÁRVORE... CADEIA NESSES VAGABUNDOS ASSASSINOS...AS ONÇAS PINTADAS ESTÃO EM EXTINÇÃO.... CADEIAAAAA!!!

  • Moacir
    16 Nov 2019 às 12:07

    O matador mata a onça sob pagamento. O pecuarista paga porque a onça está se alimentando do seu gado. Se fosse um índio, um sem terra ou uma pessoa qualquer que estivesse importunando, o pecuarista pagaria e o peão mataria. São assassinos. Merecem cadeia. Retiraram a mata, os aninais da cadeia alimentar da onça e agora querem extinguir o animal. A onça devetia ser simbolo do pantanal, símbolo nacional. É de uma beleza rara. É inadmissível que autoridades deixe isso acontecer.

  • Julcimar Lacerda
    14 Nov 2019 às 22:14

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • arruda
    13 Nov 2019 às 14:07

    tem que prender quem matou e nada de fiança.

  • arruda
    13 Nov 2019 às 14:07

    tem que prender quem matou e nada de fiança.

  • Attilio Avelar Dassie
    13 Nov 2019 às 13:48

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Zeca
    13 Nov 2019 às 11:09

    Eu mato onça com limão e gelo. Ontem mesmo matei a onça de uma garrafa inteirinha. Jeeeeeesuuuuiiiis.

  • nonato
    13 Nov 2019 às 11:01

    vai pegar uma cadeia de graça....ja matou enterra e ponto final..mas nao tem de publicar a burrice na internet...logo vai ser identificado e paga cem real de multa e ta livre

  • jose pereira
    13 Nov 2019 às 10:14

    verdadeira covardia, tem que abrir uma investigação no município de Poconé/ PANTANAL

  • cidão
    13 Nov 2019 às 09:08

    Se fosse a onça que tivesse pego o suposto caçador aí ele viraria coitadinho e a onça vilã. Monstruosidade o que esse cidadão fez com as onças. Deve ser preso imediatamente independente do estado onde praticou o crime.

Sitevip Internet