Olhar Direto

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

Polícia localiza envolvidos em mortes de três onças e dono de fazenda será ouvido

Da Redação - Fabiana Mendes

13 Nov 2019 - 15:37

Foto: Reprodução

Polícia localiza envolvidos em mortes de três onças e dono de fazenda será ouvido
A Polícia Judiciária Civil localizou nesta quarta-feira (13), a propriedade rural no município de Cocalinho (923 quilômetros de Cuiabá), onde três onças-pintadas foram mortas. As imagens dos animais foram divulgadas nas redes sociais. No vídeo, um homem é chamado de matador de onças.

O delegado Valmon Pereira da Silva explicou que o crime ambiental ocorreu há aproximadamente cinco ou seis dias, antes do novo caseiro ser chamado para trabalhar na propriedade. “Os três suspeitos envolvidos na morte e na divulgação das imagens dos animais fugiram, porém, o dono da fazenda já foi identificado e será ouvido”, disse o delegado.

Leia mais:
Após vídeo de morte de três onças, Polícia Civil apura se caso ocorreu em MT; assista

De acordo com a Polícia, a propriedade rural é de difícil acesso e fica a aproximadamente 150 quilômetros da região central de Cocalinho. No local, a caminhonete que aparece no vídeo foi localizada, confirmando se tratar da propriedade onde ocorreu o crime ambiental.

Os policiais foram recebidos por um caseiro que chegou a fazenda há cerca de quatro dias, a pedido do proprietário que alegou que o imóvel estava vazio. Questionado, o funcionário disse que ficou sabendo do vídeo em que as onças aparecem mortas somente depois que chegou à propriedade.

A Polícia Civil continua na procura dos suspeitos da morte dos animais, que responderão por crime ambiental contra a fauna, previsto no artigo 29 da lei 9605/98.

Após confecção de relatório, a documentação será encaminhada para os órgãos ambientais, com objetivo de apurar o crime ambiental por parte dos suspeitos e também do proprietário, assim como a adoção de medidas administrativas cabíveis.

Conforme o vídeo, as onças são dois filhotes e a mãe. Um homem diz que os animais estavam em uma árvore. Depois de mortas, elas foram colocadas em uma caminhonete ao lado de dois cachorros. 

Veja vídeo: 



Atualizada às 15h45

34 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Amilton
    05 Dez 2019 às 10:03

    Quem filmou foi a esposa do dono da fazendo. Podes crê,cadeia nela.

  • caio mariscal
    04 Dez 2019 às 07:07

    Traumatizante,simplesmente monstruoso e o demonio ao lado sorrindo bem feliz.

  • Juliane
    17 Nov 2019 às 14:10

    Tomara que seja feito alguma coisa. Foi um crime absurdo matar uma família de onças . Estamos aguardando uma posição seria nesse caso

  • norvino cordoval
    15 Nov 2019 às 06:34

    O culpado de tudo isso, è, o homem, o habitat dos animais que não são domesticos, é a mata, só que o homem esta destruindo tudo

  • Monica
    14 Nov 2019 às 21:06

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Manoel
    14 Nov 2019 às 20:32

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Manoel
    14 Nov 2019 às 20:32

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • André
    14 Nov 2019 às 13:22

    Pois é, meu povo. Pior que o agronegócio só o agronegócio somado ao fanatismo religioso. A pessoa que mata um ser sagrado como uma onça pintada está se auto amaldiçoando. Não venham invocar o nome de Deus para justificar a barbárie que representa essas mortes gratuitas. Está cada vez mais evidente que o ser humano não possui supremacia sobre nenhuma outra forma de vida. O pior de tudo é que a pena prevista para esse crime não passa de 1 ano de detenção e multa. Na prática a pessoa faz uma transação no Juizado Especial Criminal, paga uma multa e tá livre para continuar matando. Sejamos a transformação!

  • Thiago
    14 Nov 2019 às 11:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Devanir Rodrigues
    14 Nov 2019 às 10:29

    Muito triste. As pessoas desavisadas estão acabando com o que resta da nossa Fauna. Seria bom que a Secretaria de meio ambiente. Utilizasse o documento CAR . PARA MANDAR AVISOS E INFORMES PARA ESSAS PESSOAS QUE VIVEM NA ÁREA RURAL. INFORMEM QUE EXISTE A POLICIA FLORESTAL TANTO PARA AJUDA-LOS EM CASOS DE EMERGÊNCIAS MEDICAS QUANTO DE SEGURANÇA E NA DEFESA DOS ANIMAIS DA FLORESTA. QUE ELES NÃO DEVEM MATAR OS ANIMAIS ..MAS TELEFONAR PARA A POLICIA FLORESTAL. ELES IRÃO ATÉ O LOCAL PARA APREENDER ESSES ANIMAIS QUE DEVEM ESTAR COMENDO OS BEZERROS. DANDO PREJUIZO AOS PROPRIETÁRIOS.

Sitevip Internet