Olhar Direto

Domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

“Estamos aqui para trabalhar e não ficar cacarejando”, cutuca Mauro sobre inauguração final do HMC

Da Redação - Wesley Santiago

18 Nov 2019 - 10:37

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

“Estamos aqui para trabalhar e não ficar cacarejando”, cutuca Mauro sobre inauguração final do HMC
O governador Mauro Mendes (DEM) teceu duras críticas ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na manhã desta segunda-feira (18), durante encontro com gestores municipais na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). O democrata garantiu presença na sexta e última etapa de inauguração do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), mas não perdeu a chance de disparar contra o emedebista. “Estamos aqui para trabalhar e não ficar cacarejando”.

Leia mais:
Emanuel entrega última parte e Hospital Municipal de Cuiabá passa a funcionar com 100% da capacidade
 
Mauro pontuou que o importante é o cidadão receber o benefício e relembrou que fez a entrega da Santa Casa em um único evento. Segundo ele, fazer isto em partes, consome dinheiro público e energia dos servidores.
 
“O importante é colocar estradas em operação, escolas para funcionar. Entregamos várias creches aqui e eu fui em metade. Não gosto de ficar fazendo barulho. Para mim, não é uma coisa que me causa sensação boa quando vejo alguém fazendo inauguração da mesma obra. Como esta é a última e já fui em uma, eu vou prestigiar mais uma vez. Todo mundo sabe [que foi Mauro quem iniciou a obra], não precisamos ficar dizendo o que é de domínio popular. Estamos aqui para trabalhar, entregar resultado e não para ficar cacarejando o tempo todo”, disparou o governador.
 
Mauro Mendes ainda pontuou que Cuiabá não está sendo tratado diferente de nenhum município e que tem recebido o pagamento de dívidas de forma proporcional como todas as outras cidades.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) entrega, no fim da tarde desta segunda-feira (18), a última parte do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), Dr. Leony Palma de Carvalho. Com isto, a população da capital mato-grossense passará a ter a unidade funcionando com 100% de sua capacidade.

Nesta última etapa serão entregues a parte de Urgência e Emergência do hospital, que terá seis salas de centro cirúrgico, observação pediátrica, 12 leitos de estabilização, três leitos de reanimação, cinco de politrauma e dois de isolamentos.
 
Na ocasião também serão entregues a Central de Material e Esterilização (CME) e o heliponto. Com o funcionamento de 100% da unidade, ela passa a contar com 315 leitos, sendo 178 de adultos, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados, 60 de UTI, 38 de Emergência, seis salas de cirurgia e 13 leitos RPA (recuperação pós-anestesia).

Além disto, também há ambulatório com mais de 13 das especialidades médicas mais procuradas pela Central de Regulação, exames como ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia e parque tecnológicos com equipamentos de última geração.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet