Olhar Direto

Sábado, 19 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Silval critica Pedro Taques e parabeniza Emanuel e Mauro por inauguração do HMC

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo / Do Local - Vinícius Mendes

14 Dez 2019 - 16:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Silval critica Pedro Taques e parabeniza Emanuel e Mauro por inauguração do HMC
Um dos únicos ex-governadores que não compareceu na inauguração da última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), no início do mês de novembro, o hoje teólogo Silval Barbosa, que cumpre regime semiaberto por corrupção, parabenizou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e o governador Mauro Mendes (DEM) por concluírem a obra, que segundo ele, foi uma das promessas não cumpridas de seu sucessor, Pedro Taques (PSDB).

Leia também
Conciliação entre Valdir Piran e Silval Barbosa em briga por mansão termina sem acordo


À imprensa, após participar de audiência no Fórum de Cuiabá, na última semana, o ex-chefe do Executivo também voltou a declarar que Taques só tocou obras com recursos deixados pela emedebista.

“Não estou participando de nada, não tenho mágoa, não tenho nada. O HMC foi uma das poucas obras que aconteceu no [governo] Pedro Taques. Ele prometeu um monte de coisa, e mesmo em conjunto com a prefeitura, não deu conta de entregar no tempo hábil. Todas as outras obras ele tocou com recursos que eu deixei pronto o projeto e recursos encaminhados. Eu fico feliz pelo prefeito, pelo Mauro de ter entregado o HMC, que é uma obra que atende a população”, disse o ex-governador, que também lamentou a não continuidade na obra do Hospital Julio Muller, mesmo com ele tendo entregue o projeto para a gestão tucana.

“Infelizmente o governo não de sequência na obra que é o hospital Julio Muller, que eu fiz o projeto, pela Universidade Federal [de Mato Grosso - UFMT] começamos a obra, e também está paralisado. E paralisou na época com dinheiro em conta. Mas infelizmente aquele ali tinha problemas no projeto que foi executado pela Universidade Federal”, afirmou.

O HMC, que teve seu embrião nas gestões de Mauro Mendes na prefeitura e de Taques no Governo, teve sua inauguração somente no final do ano de 2019, pelo prefeito Emanuel Pinheiro, que conseguiu recursos com o Governo Federal para finalizar a obra.

Na semana passada, o governador Mauro Mendes anunciou oficialmente que irá retomar as obras tanto do o Hospital Universitário Júlio Müller e do Hospital Central, localizado no Centro Político Administrativo, que está parado há mais de 30 anos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet